quinta-feira, 3 de março de 2011

Falta de internet pode eliminar time de Roraima da Copa do Brasil

O Baré, atual campeão de Roraima, pode ser eliminado da Copa do Brasil porque não regularizou seus atletas. Motivo: a Federação Roraimense de Futebol ficou cinco meses sem acesso à internet.
A situação só foi normalizada anteontem. Mas como o sistema de registro é totalmente online, os roraimenses, no extremo Norte do país, não puderam mandar seus documentos à CBF.
"Aqui a gente não tem banda, muito menos banda larga’’, ironiza Denilson Ubiratan, secretário-geral da FRF. A federação de Roraima é a única que não tem site. Nem telefone próprio, desde que um raio estragou a linha.
O dirigente até tentou mandar os documentos por lan houses de Boa Vista, mas não conseguiu acessar o sistema usado para a inscrição.
O Baré estreou na Copa do Brasil contra a Ponte Preta, quarta-feira passada. E não fez feio. Perdeu só por 1 a 0 e garantiu o jogo de volta (na competição, vitória por dois gols de diferença pode eliminar o rival já no duelo de ida).
Mas, devido ao problema na inscrição, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva suspendeu preventivamente a segunda partida, que ocorreria hoje em Campinas.
Amanhã haverá julgamento para definir a questão. Os roraimenses podem, além de ser eliminados, ter que pagar multa de até R$ 100 mil.
Ninguém foi ao Rio representar os interesses de Roraima. ‘É difícil sair daqui’’, justifica o dirigente da FRF.
‘Ficaremos fora por pura incompetência da federação’’, afirma o inconformado técnico do Baré, Fábio Luiz.
Apesar da dificuldade de acesso à rede mundial, Roraima é um dos poucos Estados não atendidos pelo Plano Nacional de Banda Larga, que pretende universalizar a internet rápida no Brasil.

Adriano Fernandes
Da Folhapress em São Paulo

Nenhum comentário: