quinta-feira, 8 de setembro de 2011

No Papão nada pode sair dos eixos

Às vésperas do jogo que pode definir o futuro do Paysandu no Campeonato Brasileiro da terceira divisão, a ordem entre os bicolores é manter a concentração total no trabalho, embora jogadores tenham trabalhado num clima de total descontração. Com a intenção de deixar o foco do time todo voltado para o jogo contra o Rio Branco (AC), o técnico Roberto Fernandes ainda estuda a possibilidade de dar início ao regime de concentração da equipe já a partir da próxima sexta-feira, uma vez que o grupo viaja no próximo sábado. Rodrigo Pontes acredita que a concentração dos jogadores deve existir sempre em todas as semanas que antecedem uma partida. No entanto, como o jogo do Acre é de extrema importância, então o foco passa a ser redobrado. “É lógico que por parte da imprensa e da torcida se cria todo um clima de um jogo. Eu acho que não tem que mudar muita coisa, tem que ter alegria para trabalhar, seriedade e ficar atento principalmente aos pequenos detalhes”, pontua.
Sobre o comportamento dos jogadores fora de campo o atacante Heliton pensa que não é necessário haver grandes mudanças, e sim ficar mais atento. “Ontem (segunda-feira) mesmo a gente já começou um trabalho, o time está bem mais concentrado até pela importância do jogo”. (Diário do Pará)

Nenhum comentário: