quinta-feira, 8 de agosto de 2013

CONVÊNIO: Aquino Lopes: 'Todo dia um problema'


CONVÊNIO
Aquino Lopes: 'Todo dia um problema'

A novela do convênio do Governo do Estado com os clubes ganhou mais um capítulo durante a semana. De acordo com o presidente da Federação de Futebol do Acre (Ffac), um problema na conta criada para o convênio foi detectado, onde a unidade bancária solicitou cópia dos últimos três estatutos da entidade. Os documentos foram providenciados e enviados para a unidade bancária, mas ainda vai levar uns cinco dias úteis para ser liberado.

Com o novo problema apresentado na burocracia do convênio, Aquino Lopes não quis adiantar nenhuma nova data para a liberação dos recursos. A primeira parcela deve ser paga nas próximas semanas e a segunda parcela somente no mês de setembro.

O novo empecilho deixou o presidente Aquino Lopes chateado com a situação. O dirigente explicou que os clubes vivem um momento de profunda crise e o atraso dos repasses é bastante ruim, principalmente para as agremiações que estão representando o Acre em competições nacionais.

O valor total do convênio é de R$ 514 mil, distribuído entre os oitos clubes que disputaram o Campeonato Acreano. Todos os times recebem um valor inicial fixo e outro de acordo com a colocação.
A novela do convênio do Governo do Estado com os clubes ganhou mais um capítulo durante a semana. De acordo com o presidente da Federação de Futebol do Acre (Ffac), um problema na conta criada para o convênio foi detectado, onde a unidade bancária solicitou cópia dos últimos três estatutos da entidade. Os documentos foram providenciados e enviados para a unidade bancária, mas ainda vai levar uns cinco dias úteis para ser liberado.
Com o novo problema apresentado na burocracia do convênio, Aquino Lopes não quis adiantar nenhuma nova data para a liberação dos recursos. A primeira parcela deve ser paga nas próximas semanas e a segunda parcela somente no mês de setembro.

O novo empecilho deixou o presidente Aquino Lopes chateado com a situação. O dirigente explicou que os clubes vivem um momento de profunda crise e o atraso dos repasses é bastante ruim, principalmente para as agremiações que estão representando o Acre em competições nacionais.

O valor total do convênio é de R$ 514 mil, distribuído entre os oitos clubes que disputaram o Campeonato Acreano. Todos os times recebem um valor inicial fixo e outro de acordo com a colocação.

Nenhum comentário: