terça-feira, 20 de agosto de 2013

Paragominas jogará para cumprir tabela contra o Plácido


Chegou ao fim qualquer tipo de esperança do Paragominas prosseguir no Campeonato Brasileiro da Série D. Após o empate em 0 a 0 com o Genus (RO), no último domingo (18), ontem, o presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Flávio Zveiter, indeferiu o recurso que pedia a revisão dos pontos perdidos pela escalação irregular do meio-campista Lourinho na partida contra o Náutico (RR), válida pela quarta rodada do Grupo A1.

Segundo documento do tribunal enviado ontem à Federação Paraense de Futebol (FPF), o recurso do PFC foi indeferido por não ter sido protocolado dentro prazo legal. O presidente Jorge Formiga não está em Paragominas, porém, está praticamente descartada qualquer tipo de manobra do Jacaré para tentar reverter a situação, já que o jogador estava realmente irregular. Ao longo dos próximos dias começam as dispensas dos jogadores.

O atacante Aleílson é um dos mais desejados por outros clubes paraenses, como Remo, Paysandu e Águia.

Entenda o caso 

Na partida contra o Náutico-RR, pela quarta rodada, o Paragominas escalou um jogador que não estava inscrito. Antônio Alves de Oliveira, o Lourinho, não tinha seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) e, por isso, não poderia estar entre os relacionados. Mesmo não tendo entrado em campo no decorrer da partida, sua escalação para o banco de reservas já foi o suficiente para que o time fosse punido com a perda de seis pontos.

Fonte: Diário do Pará

Nenhum comentário: