quinta-feira, 10 de abril de 2014

Expulso, Celso Teixeira dispara para bandeirinha: "vou sair, sua gostosa"

Florianópolis, SC, 09 (AFI) - Ladrão, safado, comprado e por aí vai. Árbitros e banderinhas estão acostumados com este tipo de xingamentos. O técnico Celso Teixeira, do Juventus-SC, resolveu inovar no último final de semana. Expulso na partida contra a Chapecoense, ele deixou o campo escoltado pela Polícia Militar chamando a auxiliar Maira Americano Labes de gostosa.
O caso foi relato na súmula pelo árbitro Paulo Henrique Godoy Bezerra. Segundo o juiz, o técnico estava deixando a área técnica constantemente e xingando a bandeirinha. Quando expulso, o treinador explodiu e deixou o gramado falando: "vou sair, sua gostosa"
Segundo a súmula, Celso foi para os vestiários e saiu quebrando vidros. Colocado para comandar o time, José Bernardino Neto, ficou apenas oito minutos em campo, pois também foi expulso por xingar a arbitragem.
Loucura!
Apesar de fazer grandes campanhas em times do Nordeste e do interior de São Paulo, Celso Teixeira é conhecido por suas loucuras fora de campo, ganhando apelido de Tonho da Lua. Em 2010, quando era treinador do CRB, acusou um dirigente do clube de tentativa de assassinato e precisou pular um muro da sede do time alagoano para fugir dos disparos.
Ano passado, durante a final do Campeonato Potiguar, quando comandava o Potiguar-M, iniciou um verdadeiro quebra-pau no gramado. Ele acusou um jogador do América-RN de uma "passada de mão na bunda" durante a comemoração da conquista inédita no clube.

Nenhum comentário: