quarta-feira, 18 de junho de 2014

CBF define trios de arbitragem fixos para campeonatos locais

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quarta-feira uma novidade para a disputa do Campeonato Brasileiro e demais competições organizados pela entidade. Os trios de arbitragem serão fixos a partir de agora, em geral divididos por cada federação, o que ainda não é uma regra.

A prática já existe, por exemplo, na Copa do Mundo, onde árbitros e auxiliares formam equipes fixas, dividas pela nacionalidade de seus integrantes. Desta forma, a CBF acredita estar dando um passo largo na direção do profissionalismo na função.

Outra novidade, é que todos os árbitros terão que fazer um retiro na véspera de cada partida, o que não ocorre atualmente. Cada equipe terá delegados especiais e tutores (árbitros promissores) para que acumulem experiência para exercer a função no futuro.

O objetivo da mudança visa o desenvolvimento do trabalho em equipe e entrosamento dos árbitros envolvidos. Os instrutores da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol participarão ativamente dos treinamentos destas equipes especiais, que serão formadas de acordo com a Comissão de Arbitragem da CBF.

Essas medidas serão utilizadas para os jogos da Série A. Já as demais divisões, o critério também será observado, dependendo da logística. O constante processo de renovação será mantido para as futuras promoções e, na Série D, serão utilizados, preferencialmente, árbitros jovens, de 23 a 33 anos.

 Almeida Rocha

Nenhum comentário: