quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Roteiro

O Atlético Acreano, glorioso Galo do 2º Distrito de Rio Branco, legítimo campeão estadual deste ano, vem cumprindo à risca o roteiro de competições com jogos de ida e volta: empata fora dos seus domínios e ganha em casa. Esse é o roteiro certo, essa é a estratégia pra lá de perfeita.

Dessa forma, eis que, depois de derrotar o Princesa do Solimões, no domingo passado (21 de agosto), por clássicos 3 a 1, no Estádio Florestão, o Atlético foi alçado à condição de time de melhor campanha do Norte do país na série D. O Galo é o único sobrevivente dos Estados da região Norte.

Nas quartas de final da competição, cujos combates já começam no próximo fim de semana, além do Atlético, outros sete times ainda sonham com o acesso à série C: CSA (AL), Fluminense (BA), Itabaiana (SE), Ituano (SP), Moto Clube (MA), São Bento (SP) e o Volta Redonda (RJ).
Como se diz na mais perfeita tradução da expressão popular, “o bicho vai pegar legal”. Os quatro vencedores dessa fase vão às semifinais e ganham o direito de ascender ao próximo degrau do futebol brasileiro. Mais duas batalhas e o principal objetivo de todo mundo estará cumprido.

A campanha do Atlético até as oitavas de final totalizou sete vitórias e três empates. O melhor desempenho entre as oito equipes que continuam na disputa. Mas isso não significa garantia de sucesso na próxima fase. Dá o direito de decidir em casa, o que é sempre uma vantagem. Mas é só isso.

Cabe lembrar que até a semana passada o Atlético enfrentou apenas adversários da sua mesma região. O Galo é a melhor campanha entre os oito times nas oitavas de final sim, mas enfrentou somente times da região Norte. Agora a parada vai ser contra uma equipe do Nordeste. Dureza pura!

O próximo adversário do Atlético se chama Moto Clube, de cores vermelha e preta, tradicionalíssimo no futebol maranhense. Um time que já eliminou o Rio Branco de uma Copa do Brasil, jogando no Acre. O fato aconteceu em 2005. O Estrelão levou 3 a 1, em pleno estádio José de Melo.

A diferença entre o futebol do Acre e do Maranhão, genericamente falando, pode ser medida pelo ranking das federações, de acordo com os números da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Acre está em 20º lugar, enquanto o Maranhão está na 15ª posição. Eles estão bem na frente!

Eu sei que ranking não entra em campo. Mas sei que retrospecto também não joga. Cada momento é único, tanto na vida quanto no futebol. O ideal é que o Atlético siga o roteiro: empate fora e vitória nos próprios domínios. Afinal de contas, o Atlético é azul, a cor do céu. Não por acaso!

Nenhum comentário: