sexta-feira, 16 de abril de 2010

Tarcisio Pugliesi acerta com o Estrelão

Lucas do Rio Verde, MT, 15 (AFI) – Uma notícia pegou de surpresa o futebol do Mato Grosso. Na tarde desta quinta-feira, o treinador Tarcísio Pugliesi anunciou sua saída do Luverdense após uma reunião com o presidente Helmute Lawisch, em Cuiabá. O curioso é que Pugliesi e Lawisch já vinham definindo detalhes para a montagem do time que irá disputar o Campeonato Brasileiro da Série C.

“Foi melhor para todos. Estou faz muito tempo no Luverdense e o presidente precisa respirar ares de outros profissionais”, desconversou Tarcísio Pugliesi, que já tem contrato acertado com o Rio Branco do Acre, que também se prepara para a mesma competição.

Embora não queira deixar claro, Tarcísio Pugliesi está trocando o Luverdense pelo Rio Branco pois vê mais chance de acesso para a badalada Série B no time acreano que no do Mato Grosso. Em 2008, Pugliesi já havia comandado o Rio Branco e somente não conseguiu o acesso para a Série B por dois pontos. Na ocasião caiu no agrado da imprensa e dirigentes que diziam que se Pugliesi estivesse desde o início da Série C o time já teria subido em 2008.

Três anos de Luverdense
O treinador paulista Tarcísio Pugliesi, de 30 anos, teve duas passagens pelo Luverdense. Na primeira, em 2007, estruturou o futebol do clube recém-criado, saindo para trabalhar no Oriente Médio e no interior de Goiás.
Na volta, em 2008, pegou um Luverdense caindo na Série D do Campeonato Brasileiro e manteve o time na divisão. Depois, foi campeão estadual em 2009, voltou a fazer campanha positiva na Série C, garantindo vaga para a Copa do Brasil.
“Este ano o planejamento era Copa do Brasil e Série C. Havia a promessa que pegaríamos um time de pouca expressão na primeira fase, mas pegamos o Coritiba logo de cara. Apesar de termos perdido os dois jogos, fomos bem, mas acabamos deixando o Estadual de lado”, explica Tarcísio Pugliesi em entrevista exclusiva ao Portal Futebol Interior.
Tarcísio Pugliesi prefere não confirmar sua ida para o Rio Branco, mas a transferência é óbvia pois desde o final da temporada passada já havia um compromisso do treinador com o presidente Natal Xavier para a Série C do Campeonato Brasileiro. Tanto é que para o Campeonato Acreano o time vem sendo dirigido por Thiago Nunes, auxiliar de Pugliesi.


Além de Tarcísio Pugliesi, outros jogadores do Luverdense deverão acompanhar o treinador para o Rio Branco, como o goleiro Ronaldo (ex-Rio Branco-AC), o zagueiro Marcelo Guerreiro, os meias Rossini (ex-Rio Branco-AC) e Maicon Gaúcho e o atacante Paulinho Marília.

Beto Almeida é o nome
Sem Tarcísio Pugliesi, o Luverdense deverá anunciar um treinador gaúcho. Beto Almeida, que já trabalhou em times do interior gaúcho e de Goiás, é o primeiro nome da lista, assim como Guto Ferreira, que não teve sucesso dirigindo times principais, mas que vai bem em categorias de base. Atualmente, Guto Ferreira trabalha na base do Inter-RS como coordenador técnico.

2 comentários:

marcos disse...

esse tecnico é bom...se o estrelao contratar jogadores bons e experientes dessa vez sobe.

marcio disse...

Vai ter todo nosso apoio Grande treinador,mais sozinho não vai supir a diretoria tem que contratar certo,há outra coisa testinha de novo não,é um ótimo atleta muito talentoso,mais não tem clima com a dorcida vai ser melhor pra ele sair.