segunda-feira, 10 de maio de 2010

Plácido é eliminado do Estadual




O Plácido de Castro utilizou um jogador irregular contra a Andirá na vitória de 4 a 0, neste domingo, no Estádio municipal em Senador Guiomard e está eliminado do Campeonato Acreano 2010.
O presidente da Federação de Futebol do Acre (FFAC), Antônio Aquino Lopes, já se pronunciou e esclareceu a situação.
O atleta Jefferson Marques do Nascimento (Paulista) recebeu um cartão amarelo no dia 14 de março, contra o Atlético Acreano. No dia 25 de março, levou dois cartões contra o Rio Branco e foi expulso. No dia 11 de abril, voltou a receber um cartão amarelo, dessa vez contra a Adesg. E levou mais amarelo no dia 2 de maio, contra o Náuas.
Ou seja, os dois cartões que recebeu contra o Rio Branco se anularam, e com os outros três que levou estava suspenso, mas entrou em campo neste domingo.
Com isso, o Plácido de Castro perdeu seis pontos, e caiu para a 6ª colocação, com 11 pontos. O Juventus foi beneficiado e se classificou para as semifinais, onde vai enfrentar o Rio Branco. fato como este ja havia acontecido com Independência em 2007. 


Os dirigentes do Plácido de Castro lamentaram o deslize. “Todos nós fomos pegos de surpresa, mas isso fica de aprendizagem para a nossa e para as demais equipes”, disse o prefeito da cidade, Paulinho Almeida.


Próximos Jogos


Domingo dia 16 de Maio


Arena da Floresta
 17h30 Rio Branco x Juventus
19h30 Nauas  x  Atlético

3 comentários:

Marcos Macelo disse...

É muito triste ver este tipo de coisa acontecer ainda hoje no futebol. Isso mostra que a diferença ainda é muito grande do Profissionalismo. Coisas dessa natureza é inadimissível acontecer ainda, só lamentamos porque o Campeonato é o mais disputados dos ultímos anos. que sirva realmente de aprendizado para que não se repita erros primários como esse. É uma pena! Por tudo que o Plácido fez na Competição.

marcio disse...

É lámentavel ver um time que fez por merecer ficar fora das semi finais,ainda mais a vaga ficar com esse time ridiculo do juventus que só envergonha o acre.

Mário Dias disse...

Lamentável e burrice! Prá ganhar do Andirá não era necessário utilizar jogador irregular. Falta profissionalismo.
Juventus, salvou-se! heim?! Quem sabe se não foram pedidos das almas de Dom Giocondo e Dinah Gadelha, juventinos de primeira grandeza, que estão ao lado do Pai poderoso...