domingo, 16 de janeiro de 2011

Estadual 2011 terá recorde de jogos


Com 11 jogos a mais na tabela em relação ao Campeonato Acreano de 2010, a Federação de Futebol do Acre (Ffac) os custo com a disputa do Estadual deste ano será bem superior ao do ano passado. Somente com arbitragem, as despesas sofrerá um acréscimo de R$ 6.600,00.

No ano passado, a competição contou com 51 jogos. A rede balançou por 193 vezes, média de 3,78. Os gastos com arbitragem na temporada atingiu R$ 30.600,00. Cada árbitro ganhou R$ 200 por jogo, enquanto o assistente levou a metade (R$ 100). O árbitro reserva foi bonificado com R$ 50,00. De acordo com o presidente do Sindicato dos Árbitros Profissionais do Acre, Civaldo Neri, cada partida custou aos cofres da Federação de Futebol do Acre (Ffac) R$ 600,00, mas apenas R$ 450,00 foi para o quarteto de arbitragem, devido os encargos. Neste ano, pelos cálculos realizados pela reportagem de O Rio Branco, as despesas com arbitragem será da ordem de R$ 37.200,00, isso caso as taxas não sofra nenhum tipo de reajuste.

Na temporada passada, o Campeonato Estadual teve duração de 85 dias – 13 de março a 06 de junho. Neste ano, a competição terá duração de quase quatro meses, totalizando 113 dias (12 de março a 03 de julho) de bola rolando até conhecer o campeão.

Contratos mais longos

Com a esticadinha de quase um mês no calendário da competição, os clubes terão que fazer contratos mais longos para segurar seus jogadores. Ou seja, quem pensar em disputar o título terá que fazer um contrato de trabalho com 05 meses duração, quatro de competição e outro de pré-temporada.

Na avaliação de muitos, o crescimento de número de jogos, assim como a ampliação da duração dos contratos terá pontos positivos e negativos. Positivo no aspecto de duração de colocar os jogadores em atividade e negativo no aspecto financeiro dos clubes, que terão que buscar recursos para fechar mais uma folha salarial.
Fonte: Manoel Façanha

Nenhum comentário: