sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Me mata de Vergonha! circuito interno de condomínio comprova farsa de Somália

 . Foto: Satiro Sodré/Agif/Gazeta Press Segundo delegada que investiga o caso, jogador entrou em contradição nos depoimentos
Foto: Satiro Sodré/Agif/Gazeta Press

A delegada da 16ª Delegacia Policial, Juliana Domingues, afirmou nesta sexta-feira que contradições no depoimento e imagens do condomínio onde Somália mora comprovam a farsa do sequestro-relâmpago do qual ele alegou ter sido vítima na última quarta-feira.
"Assim que o Somália narrou o corrido, requisitamos as imagens no seu condomínio. Descobrimos que ele deixou o prédio às 9h07 e, no depoimento, havia dito por volta das 7h. Além disso, nós percebemos várias contradições na história que ele contou", comentou em entrevista à Rede Globo.
O jogador alvinegro chegou em casa às 3h56, e a tendência é que deve ter se atrasado para a representação no Engenhão, que ocorreria em algumas horas. O único motivo para a mentira é o fato de não ter acordado pontualmente para o treino.
"Agora, existe todo procedimento a ser cumprido. O principal deles é ouvi-lo como o autor, agora, e não mais como vítima", finalizou a delegada.

Outro que falou sobre o caso foi o inspetor Alexandre Pereira, chefe do Setor de Investigação da delegacia. Segundo ele, imagens do circuito de vídeo do prédio onde mora o jogador revelam a farsa. Somália chegou em casa às 4h de quarta-feira com o cordão e o relógio que alegou terem sido roubados. Pouco depois das 9h, o volante aparece novamente nas imagens, descendo o elevador para ir ao treino, já sem os objetos.
Por conta do sequestro, Somália não treinou na quarta-feira e, no dia seguinte, comentou o episódio. "Foi uma situação difícil. Logo de manhã fui abordado e passei por esse susto. Tudo que eu tinha que falar, disse para a delegada. Chorava, pensava na minha família, mas já está superado. É uma página virada, prefiro não ficar falando muito sobre isso", disse o atleta.
A diretoria do Botafogo afirmou que comentará o assunto apenas por meio de nota oficial.

Com informações da Gazeta Esportiva

Nenhum comentário: