segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Me Mata de Vergonha! Roraima tem estadual com apenas 12 jogos


O Campeonato Estadual de Futebol Profissional de Roraima de 2010 foi, de longe, o mais curto do país do futebol. A informação é do site soesporte.com.br, que fez levantamento nos campeonatos estaduais de todo o Brasil.

Com apenas seis clubes disputando a competição de 2010 e a forma de disputa sendo por dois grupos de três clubes cada, jogando entre si no primeiro e no segundo turno, o que faz com que cada clube faça dois jogos em cada turno. Isso possibilitou que o Baré fosse campeão estadual em apenas seis jogos. O clube fez dois jogos no primeiro turno e mais a decisão do turno, sendo campeão. Da mesma forma aconteceu no segundo turno, o que lhe rendeu o título antecipado e invicto do Estadual de 2010.

A artilharia foi outro ponto destacado. O Campeonato Roraimense de 2010 proporcionou outro título para o futebol roraimense: o atacante do Baré Carlos Alberto ficou com o título de menor vice-artilheiro, com apenas cinco gols. A menor artilharia do país ficou para o futebol amapaense, com Rosélio (São Paulo), Maxi Jari (Trem) e Tocantins (Trem), com 04 gols cada em 21 jogos disputados. Lá foram marcados 61 gols. Neste quesito a torcida roraimense foi a que menos comemorou em relação a outras torcidas do Brasil. Em todo campeonato foram apenas 58 comemorações e gritos de gol.

Confira todos os campeões estaduais de 2010, por região, com o número de jogos, a quantidade de gols marcados e os artilheiros.

REGIÃO NORTE

Paraense: Payssandu. Jogos: 109. Gols: 334. Média: 3,06. Artilheiro: Moisés (Paysandu) 13 gols.

Amazonense: Penarol. Jogos: 70. Gols: 231. Média: 3,30. Artilheiro: Charles (Peñarol) e Felipe (Peñarol) com 11 gols.

Acreano: Rio Branco. Jogos: 51. Gols: 193. Média: 3,78. Artilheiro: Juliano César (Rio Branco) 14 gols.

Amapaense: Trem. Jogos: 21. Gols: 61. Média: 2,80. Artilheiro: Rosélio (São Paulo), Maxi Jari (Trem) e Tocantins (Trem) todos com 04 gols.

Rondoniense: VEC; Jogos: 60. Gols: 221. Média: 3,68. Artilheiro: Aderlan (Espigão) e Abílio (Rolim de Moura) 12 gols.

Roraimense: Baré. Jogos: 14. Gols: 58. Média: 4,14. Artilheiro: Carlos Alberto (Baré) 05 gols.

Tocantinense: Gurupi. Jogos: 42. Gols: 120. Média: 2,86. Artilheiro: Demir (Gurupi) 12 Gols.

REGIÃO SUDESTE

Carioca: Botafogo. Jogos:130. Gols: 397. Média: 3,05. Artilheiro: Vágner Love (Flamengo) 15 gols.

Paulista: Santos. Jogos: 204. Gols: 631. Média: 3,09. Artilheiro: Ricardo Bueno (Oeste) 16 gols.

Mineiro: Atlético. Jogos: 76. Gols: 234. Média: 3,08. Artilheiro: Eraldo (Democrata) 11 gols.

Capixaba: Rio Branco. Jogos: 96. Gols: 307. Média: 3,20. Artilheiro: Juca (Rio Branco) 15 gols.

REGIÃO SUL

Gaúcho: Grêmio. Jogos: 136. Gols: 451. Média: 3,32. Artilheiro: Jéferson (São José) 14 gols.

Paranaense: Coritiba. Jogos: 119. Gols: 311. Média: 2,61. Artilheiro: Bruno Mineiro (Atlético) 11 gols.

Catarinense: Avaí. Jogos: 98. Gols: 309. Média: 3,15. Artilheiro: Willian (Figueirense) 13 gols.

REGIÃO NORDESTE

Paraibano: Treze. Jogos: 102. Gols: 293. Média: 2,87. Artilheiro: Edmundo (Treze) 24 gols.

Pernambuco: Sport. Jogos: 138. Gols: 398. Média: 2,88. Artilheiro: Ciro (Sport) 13 gols.

Baiano: Vitória. Jogos: 114. Gols: 319. Média: 2,80. Artilheiro: Sassá (Ipitanga) 13 gols.

Cearense: Fortaleza. Jogos: 140. Gols: 418. Média: 2,99. Artilheiro: Júnior Cearense (Horizonte) 12 gols.

Alagoano: Murici. Jogos: 96. Gols: 298. Média: 3,10. Artilheiro: Wellington (CRB) 14 gols.

Potiguar: A B C. Jogos: 94. Gols: 274. Média: 2,91. Artilheiro: João Paulo (ABC) 17 gols.

Sergipano: River Plate. Jogos: 102. Gols: 275. Média: 2,70. Artilheiro: C Alagoano (Confiança) 09 gols.

Piauiense: Comercial. Jogos: 84. Gols: 224. Média: 2,67.

Maranhense: Sampaio Corrêa. Jogos: 7 2. Gols: 207. Média: 2,88. Artilheiro: Quirino (Santa Quitéria) 13 gols.

REGIÃO CENTRO-OESTE

Goiano: Atlético. Jogos: 96. Gols: 316. Média: 3,29. Artilheiro: Diogo Galvão (Trindade) 15 gols.

Distrito Federal: Brasiliense. Jogos: 70. Gols: 188. Média: 2,69. Artilheiro: Vanderlei (Brasiliense) 11 gols.

Matogrossense: União. Jogos: 111. Gols: 362. Média: 3,26. Artilheiro: Paulinho Marília (Luverdense) 09 gols.

Sul-Matogrossense: Comercial. Jogos: 158. Gols: 497. Média: 3,15. Artilheiro: Biro (Naviraiense) com 12 gols.

Fonte: soesporte.com.br

Nenhum comentário: