terça-feira, 1 de março de 2011

Transmissão de TV no Brasileirão 2012 indefinida

 
O anúncio de negociação individual com os clubes feito pela Globo aumenta a pressão sobre o Clube dos 13, mas não define o racha. Apesar do discurso, as agremiações só poderão assinar qualquer contrato separado após se desligarem da entidade, o que não acontecerá antes da abertura dos envelopes. O caminho legal, para a Globo, é a negociação após a vitória de uma emissora rival no edital oficial.

O QUE CADA EMISSORA OFERECEU AOS CLUBES?

Record - Prometeu contratar profissionais de primeira linha. Os cartolas interpretaram como tirar gente famosa da Globo. Também causou boa impressão pelo espaço que planeja dar em sua grade ao futebol, além das transmissões.

Rede TV - Os dirigentes se impressionaram quando viram os representantes da emissora acompanhados por um executivo inglês, que seria o responsável por montar a operação futebol.

Globo - Ela não precisa falar muito. Todos os dirigentes já sabem o que a emissora pensa e quer. Prolongar a já duradoura parceria com os clubes é a sua principal proposta. Isso inclui até ajudar os clubes a fazer lobby em Brasília por seus interesses.

Nenhum comentário: