sexta-feira, 1 de abril de 2011

Real entra na briga por Neymar e poderia incluir Kaká, diz jornal catalão


Neymar Brasil x Escócia (Foto: Getty Images)
O Real Madrid entrou na briga por Neymar. É o que garante o jornal espanhol "Mundo Deportivo" nesta sexta-feira. O diário catalão, especializado na cobertura do Barcelona e em provocar o rival, diz que o presidente do clube merengue, Florentino Pérez, está disposto a acertar com o craque do Santos e poderia oferecer até Kaká na negociação.
A multa rescisória de Neymar é de € 45 milhões (R$ 105 milhões), valor que não assustaria o dirigente responsável por montar times de "galácticos". O "Mundo Deportivo" especula que Florentino poderia usar Kaká para diminuir o preço. Porém, o Real pagou € 65 milhões (R$ 150 milhões atualmente) para tirar o meia do Milan em 2009.
Pegadinha do "Mundo Deportivo" para provocar o Real? A possível proposta de trocar Kaká por Neymar pode surpreender torcedores, mas o "Dia da Mentira" na Espanha é comemorado em 28 de dezembro, o "Dia dos Inocentes", data em que os jornais costumam publicar mentiras para brincar com os leitores. Já na Inglaterra, por exemplo, o 1º de abril é que rende boatos, como que Cristiano Ronaldo seria "vendido" por Portugal para a Espanha, divulgado pelo "The Independent".
Após a boa exibição e os dois gols pela Seleção Brasileira na vitória sobre a Escócia por 2 a 0 em Londres, domingo, o atacante virou manchete de vários jornais na Europa. Barça, Juventus e Chelsea aparecem como principais interessados no jovem de 19 anos.
Segundo o jornal catalão, o presidente do Real resolveu fazer proposta por Neymar para frustrar o Barça, que chegou a mandar um olheiro para o Sul-Americano Sub-20 para observar o craque santista em ação recentemente.
Enquanto Neymar fica cada vez mais valorizado na Europa, o futuro de Kaká no Real Madrid é incerto. O ex-são-paulino tem sofrido com lesões desde que chegou ao Real em 2009 e ainda não conseguiu se firmar no time titular. Por causa dos problemas físicos, a imprensa espanhola cogita que o meia poderá ser negociado após a temporada.

Por GLOBOESPORTE.COM Barcelona, Espanha

Nenhum comentário: