sexta-feira, 13 de maio de 2011

Plácido de Castro cala o Arena e vence o Estrelão

 13052011RBxPC300Antes da bola rolar, todo o favoritismo era do Rio Branco FC e bem que o atual campeão Acreano chegou a demonstrar isso, quando o zagueiro Rodrigão abriu o placar, com apenas 14 minutos de jogo, mas daí em diante a história se inverteu. O Plácido de Castro FC conseguiu a virada, vencendo por 3 a 2 e retornando para o G4, ultrapassando justamente o Alto Acre.
O que se viu em campo foi um jogo equilibrado, com as duas equipes perdendo várias oportunidades e acabou vencendo quem soube aproveitar melhor. Um que soube aproveitar foi o artilheiro do Estadual, Nilton Goiano, autor de um dos gols da vitória, ampliando sua marca pessoal para 11 gols na competição.

13052011RBxPC300aAs duas equipes acabaram “ganhando” perdas para seus próximos compromissos. O lateral esquerdo Ananias e o zagueiro Rafael, do Rio Branco, foram expulsos e não irão enfrentar a Adesg. O mesmo ocorrerá com o zagueiro do Plácido, Flávio, que não entrará em campo contra o Independência, pela 11ª rodada.

Os gols do jogo foram anotados por Rodrigão, aos 14min1ºt (Rio Branco), Nilton Goiano, aos 37min1ºt (Plácido), Zico, aos 5min2ºt (Plácido), Rogério, aos 28min2ºt (Plácido) e Araújo, aos 49min2ºt (Rio Branco).

O Rio Branco se mantém com os mesmos 16 pontos, na 3ª colocação, enquanto o Plácido começa a ameaçar, com seus atuais 13 pontos e a 4ª colocação. Em primeiro se mantém o Juventus (23 pontos), enquanto o Atlético Acreano é o segundo (18 pontos), fecha o G4.

Ficha técnica

Rio Branco 2x3 Plácido de Castro

Local: Arena da Floresta – Rio Branco/AC
Data: 12/05/2011 às 19h30
Árbitro: Ronne Casas
Gols: Rodrigão, Araújo (Rio Branco), Nilton Goiano, Zico e Rogério (Plácido de Castro).
C.A.: Rodrigão, Ismael, Testinha (Rio Branco), Dieguinho, Acreano, Douglas, Batista, Zico, Jorge (Plácido de Castro).
C.V.: Ananias, Rafael (Rio Branco), Flávio (Plácido de Castro).
Rio Branco – Cordova, Balú (Caniggia), Rodrigão, Rafael, Ananias, Paulo Almeida (Leonardo), Ismael, Rossini, Testinha, Juliano César e Paulo Krauss (Araújo). Técnico: Everton Goiano.
Plácido de Castro – Máximo, Anderson, Flávio, Dieguinho, Acreano, Douglas, Renan Carioca (Jorge), Batista, Nilton Goiano, Thiago Carioca (Rogério) e Zico (Iris). Técnico: Luiz Carlos.

Por Ramiro Marcelo

2 comentários:

Mario Ribeiro disse...

vcs viram mais uma vez essa arbritagem safada q temos aqui..como pode o cara ver agresão em nilto goiano e da so amarelo isso e uma vergonha...Dale Galo.

Anônimo disse...

Seu Natal Chavier e melhor voce tira o RBFC da serie C porque se não ele vai cair para D este ano e uma vergonha o time perde tantos jogos assim sinceramente eu estou com VERGONHA deste time que o RBFC tem jogadores voces estão no maior time de futebol do ACRE sei que não é muita coisa mais honre esta camisa do grandioso ESTRELÃO e rumo a serie B espero muito o acesso este ano