sábado, 25 de junho de 2011

Rio Branco e Juventus: rivalidade de quatro décadas

acj_x_rbfc_-_rafael_e_caio Imprimir PDF














Neste domingo, às 17h30, no estádio Arena da Floresta, o confronto Rio Branco e AC Juventus irá escrever mais um capítulo da rica história do clássico Pai e Filho do futebol local, que teve início na temporada de 1966 (há 45 anos), quando da fundação do Atlético Clube Juventus.

Querendo apimentar essa rivalidade de quatro décadas a reportagem de O Rio Branco preparou ao seu leitor um levantamento de 15 anos de clássico [1996 a 2011]. Na somatória dos números o Rio Branco levou a melhor sobre o AC Juventus. Nos 22 confrontos ocorridos neste período, o Estrelão leva vantagem, com 10 vitórias a mais que o time juventino (14 a 4). O confronto neste período ainda registrou 4 empates. Os números ainda mostram que o Estrelão marcou 52 gols. Os rubro-negros, 30.
É digno de registro ainda que o número reduzido de confrontos [22] durante os últimos 15 anos do clássico é justificado ao fato do pedido de afastamento do time juventino por sete temporadas do profissionalismo: 1997/2002 e 2007.
DECISÕES
Nos 45 anos de existência do clássico Pai e Filho, as duas equipes decidiram por 11 oportunidades a taça de campeão acreano. O Rio Branco venceu seis (1979, 1983, 1986, 1994, 2004 e 2008) e AC Juventus cinco (1975, 1989, 1995, 1996 e 2009).
juventus-1975Na primeira decisão envolvendo ambas as equipes pelo Campeonato Acreano de 1975, o AC Juventus levou a melhor e derrotou o Estrelão por 1 a 0, gol do volante Emilson Brasil, num jogo dirigida pelo árbitro carioca José Roberto Wright. Wagner Cardoso e Aldeci D'Ávila foram os assistentes. O Clube do Povo fechou a temporada daquele ano com 18 jogos nos três turnos: 12 vitórias e seis empates. Os campeões juventinos: Xepa, Otávio, Maurício, Mustafa e Antonio Maria; Emilson Brasil, Carlinhos, Dadão, Walter Prado, Julião e Roberto.


rbfc-1986Outra decisão digna de registro entre as duas equipe ocorreu na temporada de 1986, com o Estrelão levando a melhor [2 a 0], gols de Valmir e Gil. O jogo teve o apito de José Ribamar e o então técnico estrelado era o saudoso Coca-Cola. Os campeões estrelados: Ilzomar, Paulo Roberto, Chicão, Louzada e Marquinhos; Valmir, Paulo Henrique e Jorge Luís Jacaré, Vinícius, Luizinho e Robertinho.

ANO CAMPEÃO VICE-CAMPEÃO
1975 - AC JUVENTUS RIO BRANCO FC
1979 -  RIO BRANCO FC AC JUVENTUS
1983 -  RIO BRANCO FC AC JUVENTUS
1986 -  RIO BRANCO FC AC JUVENTUS
1989 -  AC JUVENTUS RIO BRANCO FC
1994 - RIO BRANCO FC AC JUVENTUS
1995 - AC JUVENTUS RIO BRANCO FC
1996 -  AC JUVENTUS RIO BRANCO FC
2004 -  RIO BRANCO FC AC JUVENTUS
2008 -  RIO BRANCO FC AC JUVENTUS
2009 -  AC JUVENTUS RIO BRANCO FC
RIO BRANCO FC
V             E          D            GP             GC14           04        04           52               30
AC JUVENTUS
V             E          D            GP              GC04           04       15            30                52

Por Manoel Façanha

Nenhum comentário: