domingo, 28 de agosto de 2011

Com gol no final, Estrelão vence e segue na briga














O Rio Branco sofreu na noite deste domingo, mas saiu de campo com uma vitória dramática. O Estrelão venceu o Águia por 2 a 1, no estádio Arena da Floresta, e chegou aos dez pontos, assumindo a terceira posição no grupo A da Série C do Brasileiro 2011. O time ficou com uma menos desde o início do segundo tempo, quando vencia por 1 a 0. A partir daí, pressão total, e só no finalzinho da partida, em cobrança de pênalti, Ley fez 2 a 1 e garantiu a vitória. Os outros gols da partida foram marcados por Testinha e Marquinhos Marabá.

Agora, o Rio Branco ocupa a terceira colocação, com dez pontos conquistados em seis jogos. Empatado com ele, mas na segunda posição, vem o Águia. Ambos têm um jogo a mais que o Luverdense, que tem sete pontos, na quarta colocação, e pode equilibrar ainda mais o grupo. O líder é o Paysandu, que venceu o time de Lucas neste domingo por 1 a 0 e agora tem 11 pontos.

Primeiro tempo morno

O primeiro tempo foi sem grandes emoções. Os dois times se exploravam, mas o Águia ameaçava sair mais para o ataque durante a primeira metade do primeiro tempo. Entretanto, o Rio Branco equilibrou o jogo e começou a assustar o time de Marabá.

Aos 35 minutos, o Rio Branco teve uma grande oportunidade, mas o atacante Souza Baiano perdeu um gol feito. Souza Baiano teve todas as chances de abrir o placar com a bola dominada dentro da área, mas desperdiçou a oportunidade.

Mas Testinha, o habilidoso meia do Rio Branco, resolveu fazer o que o seu companheiro não fez. Aos 43 minutos, em falta perigosa, próxima a linha da área. Testinha bateu no ângulo abrindo o placar para o Estrelão e deixando o goleiro parado, sem poder fazer nada.

Águia cresce!

Nem bem começou o segundo tempo e o meia Ezequiel Palermo cometeu uma falta parando a jogada do time do Águia. Resultado: cartão vermelho para o jogador do Rio Branco. Com a expulsão logo no início do segundo tempo, o Estrelão se fechou, buscando explorar o contra-ataque.

Aos 19 minutos, contra-ataque do Águia e Sinésio arrisca um chute forte, mas a bola para no zagueiro. De novo Sinésio. Aos 27, o lateral achou Flamel, que deu uma linda finta em Ananias e bateu cruzado. Por muito pouco não sai o gol de empate.

Apenas dois minutos depois e o gol. Em uma troca de passes na frente da área do Rio Branco, Rayro cruzou e a bola chegou em Marquinhos Marabá que, frente a frente com Rodrigão, limpou, chutou e anotou o gol de empate. Marquinhos Marabá acabara de entrar na partida, no lugar de Mendes.

Aos 33', Peri perdeu um gol feito, que seria o gol da virada. A resposta do Estrelão veio em uma das poucas oportunidades do time no segundo tempo. Cruzamento na área e o volante Paulinho Pitbull cabeceou de raspão e a bola foi para fora. Entretanto, o volante não viu que Ismael vinha em condições melhores de fazer o gol atrás dele.

O castigo para o Águia que não conseguiu fazer o gol da virada veio aos 45 minutos, em cobrança de pênalti. A zaga vacilou e acabou cometendo a penalidade. Ley correu para a bola e jogou no canto oposto que o goleiro arriscou, dando a vantagem novamente para o Estrelão do Norte no finalzinho da partida.

Próximos jogos

O Rio Branco entra em campo de novo no próximo domingo, jogando fora de casa contra o Luverdense. Um dia antes, o Águia de Marabá recebe o lanterna Araguaína e não pode vacilar, já que o Tourão do Norte ocupa a lanterna e segue com apenas um ponto.



Grupo A

 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Paysandu-PA 11 6 3 2 1 7 5 2 61.1
2  Águia-PA 10 6 3 1 2 9 6 3 55.6
3  Rio Branco-AC 10 6 3 1 2 9 9 0 55.6
4  Luverdense-MT 7 5 2 1 2 8 5 3 46.7
5  Araguaína-TO 1 5 0 1 4 2 10 -8 6.7

Nenhum comentário: