quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Página do BID comprova que contrato do jogador do Cuiabá estava bloqueado

Série D 2011: Página do BID comprova que contrato de Willian estava bloqueado

Página do BID comprova que contrato de Willian estava bloqueado.
Apesar de o presidente da Federação Matogrossense de Futebol, Carlos Oione, negar que a CBF não bloqueou o contrato do jogador Willian, o CRAQUE teve acesso ao documento que comprova a irregularidade do jogador com o time do Cuiabá. A CBF já comunicou a secretaria do Superior Trinunal de Justiça Desportiva das irregularidades e aguarda que a procuradoria coloque o processo em pauta para ser julgao em uma das Comissões Disciplinarres.
Página do BID comprova que contrato de Willian estava bloqueadoConfira a matéria de Robson Boamorte, do Site Futebolmt.com.br:

Apesar de todo o noticiário sobre o Cuiabá perder até seis pontos por escalar o atacante Willian de forma irregular, na vitória por 3 a 1 sobre o Vila Aurora, pela Série D do Campeonato Brasileiro, o clube pode respirar aliviado. 
Com bom trânsito na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) o presidente da FMF (Federação Matogrossense de Futebol), Carlos Orione, entrou em contato com o departamento jurídico da entidade e tranquilizou o clube. “Não há o que temer. O jogador está regularizado pela CBF e me confirmaram que nada irá acontecer”, disse Orione.
O vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch se mostrou aliviado com a notícia e afirmou que o atleta continuará treinando normalmente com o grupo. Ele já havia acionado um advogado no Rio de Janeiro para cuidar do caso.
Mesmo com a  CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já tendo recebido a denúncia da FAF (Federação Amazonense de Futebol) e ter repassado ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a diretoria do Dourado se apega justamente no fato de que o atleta estava inscrito normalmente no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, e, portanto, em condições de atuar.
O jogador, que chegou ao clube no começo do mês, teve no Cuiabá o seu terceiro registro de transferência e segundo o regulamento da FIFA é proibido um jogador ser transferido três vezes na mesma temporada.

Nenhum comentário: