quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Sem títulos há dois anos, Corinthians bate recorde de dívida: R$ 172 milhões

http://i2.r7.com/andres-alckmin-450x338.jpg



O Corinthians deve a "bagatela" de R$ 172,58 milhões. O valor, relativo a 30 de julho, foi divulgado no site oficial do clube, e é o maior já registrado na história centenária do time.
Apenas no primeiro semestre de 2011, a dívida alvingra aumentou quase 41%, ou mais de R$ 50 milhões. No dia 31 de dezembro do ano passado, o Corinthians registrava pouco mais de R$ 122 milhões de saldo negativo.

Nesta temporada, o clube ampliou o seu centro de treinamento, construiu um ginásio e iniciou outras melhorias. Além disso, gastou muito com contratações e salários de jogadores.
Segundo o documento publicado pelo Corinthians, os investimentos em atletas e obras custaram no primeiro semestre cerca de R$ 72 milhões.

A equipe de futebol ganhou reforços de peso neste ano. O Timão contratou Liedson e Adriano, dois atacantes que têm salários altos. Além disso, o passe do meia Alex, que pertencia ao time russo Spartak, foi comprado por aproximadamente R$ 14 milhões.

Paralelamente, o Corinthians "aperta os cintos" para viabilizar a construção do Fielzão, o seu estádio em Itaquera, que foi orçado em R$ 890 milhões. Apesar de ter uma linha de crédito com o BNDES de R$ 400 milhões e outros R$ 420 milhões em isenções fiscais com a Prefeitura, o Timão ainda busca mais recursos.

Andrés Sanchez já afirmou recentemente que não vê problema no crescimento da dívida corintiana. Ele conta com o valor não divulgado pago pela transmissão do Campeonato Brasileiro, do qual já recebeu R$ 40 milhões de adiantamento.

Desde a Copa do Brasil de 2009, o Corinthians não conquista um título. O time, hoje liderado pelo técnico Tite, ocupa a primeira colocação do Campeonato Brasileiro, com 37 pontos, dois a mais que o Flamengo, vice-líder.
Fonte: R7
Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Nenhum comentário: