segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Campinense/PB acusa CRB/AL de entregar partida para o Fortaleza

Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) promete ter  trabalho nas próximas semanas com a Série C do Campeonato Brasileiro. Através do Twitter, o Campinense/PB repercutiu imagens da vitória do Fortaleza por 4 a 0 sobre o CRB/AL, em que o time alagoano teria permitido esse placar elástico para que o Tricolor cearense acabasse mantido na Terceira Divisão, rebaixando o clube paraibano à Série D. O Campinense promete ir ao tribunal sob a alegação de combinação de resultado.


O Campinense divulgou imagens feitas pela TV Pajuçara, de Alagoas, durante a partida no estádio Presidente Vargas, na capital cearense. A polêmica surge no momento em que o atacante Gustavo Papa marca o terceiro gol do Fortaleza, que ainda não era suficiente para livrar a equipe do rebaixamento. Carlinhos Bala busca a bola dentro do gol e, na volta ao meio-campo, aos 39 minutos do segundo tempo, levanta o dedo indicador para todos os jogadores do CRB por quem passa, como se indicasse que só faltava um gol para o time se livrar do rebaixamento
No estádio Amigão, em Campina Grande/PB, o Campinense tinha vencido por 1 a 0 o Guarany de Sobral, já que a partida em Fortaleza teve o seu segundo tempo atrasado por muitos minutos. O time paraibano acusa o clube cearense de atrasar o reinício para ter ciência do placar que precisava para não cair.
Ainda durante a volta de Carlinhos Bala ao meio-campo para a saída de bola do time adversário, um integrante da comissão técnica do Fortaleza corre na direção do goleiro Roberto Lopes – que na verdade é meia, e substituiu o goleiro Cristiano, expulso, quando o CRB já tinha feitos as três substituições – e lhe diz algo. Outro atleta, desta vez do próprio CRB, também se vira para Lopes o orientando, de acordo com os relatos, a facilitar a ampliação do placar.
O gol salvador do Fortaleza saiu aos 43 minutos do segundo tempo, com Marcos Goiano. Com o resultado positivo, o Tricolor chegou aos nove pontos, se igualando com o Campinense também em número de vitórias e saldo de gols, mas terminando a primeira fase da competição na quarta posição por ter marcado mais gols que o adversário.
Enquanto isso, o CRB também se classificou graças à derrota do Guarany de Sobral, que ainda estava vivo na disputa, mas perdeu para o time de Campina Grande. Através de seu site oficial, o Campinense promete brigar no STJD – onde pretende entrar com uma denúncia – para não terminar rebaixado.
No Justicadesportiva.com.br você acompanha as notícias do futebol brasileiro

Redação Justiça Desportiva

Nenhum comentário: