quarta-feira, 21 de setembro de 2011

"Fortaleza pediu para abrir o jogo", afirma volante do CRB

Acusado de favorecer o Fortaleza no último sábado, quando a equipe cearense escapou de rebaixamento para a Série D do Campeonato Brasileiro, o CRB se defendeu. Em entrevista ao jornal Pajuçara Noite, de Alagoas, o volante Marco Antônio admitiu que jogadores do Fortaleza pediram para a equipe alagoana "abrir" o jogo, algo que não aconteceu de acordo com o jogador.

"Eles falavam que nós já estávamos classificados e que poderíamos abrir o jogo para eles, mas nos reunimos e falamos que não íamos deixar isso acontecer", disse.

Outro lance polêmico do jogo foi explicado pelo lateral direito Maisena. Quando o Fortaleza já vencia por 3 a 0 e precisava de mais um gol para garantir a sua permanência na Série C, o jogador foi flagrado dizendo "deixa fazer" para o seu companheiro de CRB, o volante Roberto Lopes, que atuava improvisado no gol.

"Era tiro de meta e o Roberto tinha sofrido uma pancada. Eu falei para ele: 'qualquer coisa, deixa eu fazer o tiro de meta', porque ele ia cobrar. Ele falou: 'não, não'. Só que não mostra, não tem o áudio. Tanto é que eu faço até o gesto do tiro de meta", explicou.
Fonte: Rádio Clube do Pará

Nenhum comentário: