quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Eliminado da Série D, Treze quer vaga na Série C do estrelão

Rio de Janeiro, RJ, 03 (AFI) - As polêmicas na Série C do Campeonato Brasileiro parecem não ter fim. O Rio Branco-AC desistiu de tentar manter sua vaga na segunda fase da competição na justiça e fez um acordo com a CBF para continuar na Série C de 2012 e não ser rebaixado. Agora, inconformado com essa atitude, o presidente do Treze-PB, Fábio Azevedo, promete reivindicar a presença do Galo na competição do ano que vem.

O Treze foi eliminado pelo Santa Cruz-PE nas quartas de final da Série D e ficou na quinta colocação geral. Para o mandatário do Treze, isso significa que, com o Rio Branco merecendo a eliminação, abre-se uma vaga e o quinto colocado deve ficar com ela. O presidente do clube está com o secretário da Juventude, Esporte e Lazer do Estado da Paraíba, Fábio Maia, e com a presidente da Federação Paraibana de Futebol, Rosilene Gomes, para reivindicar essa vaga em uma reunião marcada com a CBF. "O que o Rio Branco fez é ilegal. O estatuto geral das competições da CBF prevê que um clube que leva um caso até a Justiça Comum, mesmo ainda existindo instâncias competentes na justiça desportiva, tem que ser punido com a pena de eliminação da competição", argumentou o presidente.
Fábio ainda comparou o acordo feito entre Rio Branco e CBF à uma pessoa que cometeu um crime e depois diz que se arrependeu, sem ser julgada ou punida. O problema da reclamação do mandatário é que, uma vez eliminado e rebaixado, quem ficaria com a vaga do Estrelão seria o Araguaína-TO, que foi rebaixado no grupo do clube acreano. Então mesmo que a CBF decida pela eliminação, dificilmente o Treze vai conseguir garantir essa vaga.

Nenhum comentário: