domingo, 20 de novembro de 2011

Luverdense e CRB ficam no empate

Num amistoso de luxo, o CRB, finalista do Campeonato Brasileiro da Série C, foi até Lucas do Rio Verde, no Estádio Passos da Ema e empatou por 1 a 1, com o Luverdense, pela última rodada da segunda fase. O jogo foi disputado debaixo de um forte calor, por isso, os times não se encontraram muito em campo no primeiro tempo. Já no segundo, a chuva que caiu com muita força, também atrapalhou muito o jogo.

No próximo final de semana, o CRB começa a decidir o título, contra o Joinville. As datas e horários serão confirmados nesta segunda-feira pela CBF. Por sua vez, o Luverdense finaliza sua participação na lanterna do grupo, com apenas três pontos e nenhuma vitória nesta segunda fase.

Um para cada lado

Debaixo de um forte calor, CRB e Luverdense começaram o jogo se estudando muito, mas com o time da casa mais presente no campo de ataque. Mas, aos 13, num rápido contra-ataque, Sidnei fez boa jogada e lançou para Cadu, que fintou o goleiro Gabriel e bateu para o fundo das redes, sem chances para defesa do Luverdense.

Após o susto, o time do Mato Grosso voltou a ter mais posse de bola e ficou no campo de ataque. De tanto tentar, aos 25 minutos, o atacante Jô invadiu a área e foi derrubado pelo lateral Pio. Na cobrança, Régis bateu com categoria, sem chances para o goleiro Anderson Paraíba, que nada fez.

No final do primeiro tempo, o sol que era muito forte, foi substituído por uma chuva torrencial, que caiu durante todo o intervalo. Com isto, dificultou os times em campo, que não criaram mais nenhuma jogada de perigo e esperando o apito final do árbitro para descer ao intervalo e receber instruções de seus treinadores.

Pressão e nada!

O CRB voltou melhor para o segundo tempo e logo aos cinco minutos quase fez o segundo. Após lançamento, a defesa do Luverdense escorregou e sobrou a bola para atacante, que aproveitou bobeira da zaga e acertou a rede pelo lado de fora. A resposta do Luverdense foi dois minutos depois, numa linda cobrança de falta de Régis, que saiu tirando tinta da trave.

O Luverdense estava melhor no jogo e aos 22 minutos, quase virou a partida. Tiago Correia foi até a linha de fundo e cruzou. Com o goleiro Anderson Paraíba batido na jogada, o meia Preto bateu para fora, perdendo uma chance incrível. A resposta do CRB veio dois minutos depois, com Jonathan. Rafinha fez boa jogada e lançou para o atacante, que na saída de Gabriel bateu com força, obrigando o goleiro a fazer um milagre e salvar o Luverdense.

O Luverdense voltou a chegar com perigo no final do jogo. Aos 37 minutos, após cruzamento na área, João Paulo subiu mais que todo mundo, mas o goleiro Anderson Paraíba fez boa defesa e salvou o CRB.
Fonte: AFI
 

Nenhum comentário: