segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Andirá EC terá nova direção

andira_2_x_1_galvez














Andirá Esporte Clube vai apresentar nos próximos dias sua nova diretoria. Uma reunião marcada para a sexta-feira (30), às 18h, na sede das federações de esporte amador, localizada no Parque da Maternidade, com a presença dos membros do conselho deliberativo e fiscal do clube, servirá para aprovar as mudanças estatutárias, assim como ratificação da ata de eleição e posse do dia 18 de dezembro.
O novo presidente morcegueiro será o gerente de manutenção da Empresa Floresta (transporte público), Odenildo Brito. O desportista milita no esporte amador e teve papel importante na busca por recurso para levar o Andirá EC a conquistar o título da Segundona, assim garantindo o acesso a elite do futebol local a próxima temporada.
A nova direção do Morcego será composta por outros nomes. Um deles é o petista Pelezinho, do Programa Luz para Todos. O professor Afonso Alves vai continuar dando as cartas no departamento de futebol profissional. De acordo com Odenildo Brito, Alves será o responsável pela formação da equipe profissional (será a base do time que disputou a Segundona), assim como da formação da comissão técnica.
Em conversa com a reportagem de O Rio Branco, Odenildo Brito garantiu que uma parceria entre o clube e o Sest/Senat foi firmada para os próximos três anos, onde uma das missões será trabalhar as categorias de base da agremiação. Odenildo garantiu ainda que outros parceiros serão anunciados durante as próximas semanas.
- Estamos trabalhando na parte jurídica para legalizar nossa ata de eleição e posse, assim como de algumas mudanças no estatuto do clube, explica Odenildo Brito.
História
O Andirá foi fundado no dia 1º de novembro de 1964 por uma das famílias mais tradicionais do Estado do Acre, os Dantas. A origem do nome do clube vem da palavra indígena "andyrá", que em Tupi significa "morcego". Suas cores inicialmente eram o preto e o branco. Recentemente, em 2006 o clube adotou o verde em seu uniforme que, segundo o então a época presidente Gilberto Braga, era uma homenagem à Amazônia e à borracha, produzida com destaque no Estado.
O clube também traz o orgulho de ter sido o primeiro clube acreano a ser incluída num teste da Loteria Esportiva, isso em 1974. A equipe foi goleada em casa pelo Paysandu de Belém, por 4 a 0.
Outra proeza do Morcego foi o fato de nomear pela primeira vez uma mulher para assumir o comando técnico de um time de futebol no Brasil. Tratava-se da professora Cláudia Malheiros, hoje responsável pelas categorias de base do Rio Branco FC.

Fonte: Manoel Façanha

Um comentário:

Gilson (motorista da empresa Floresta) disse...

O Andirá está de parabéns pelo novo presidente. O Odenildo Brito é uma pessoa muito responsável e competente. Com certeza o Andirá está em boas mãos.
Boa sorte Odenildo!!!