quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Fielzão não vai ser do Corinthians

Operários trabalham na construção do estádio do Corinthians em Itaquera
O tão sonhado Fielzão não vai ser do Corinthians. Ao contrário do que os torcedores alvinegros imaginam, o verdadeiro dono do estádio será o fundo imobiliário Arena, a ser administrado pela empresa BRL Trust Serviços Financeiros.

A decisão de criar um fundo imobiliário para ajudar na construção do Itaquerão partiu da direção do clube. Quem idealizou a proposta foi o diretor de marketing do Corinthians, Luís Paulo Rosenberg.

A instituição financeira BRL é quem irá assumir o financiamento de R$ 450 milhões do BNDES para a construção do estádio, que abrigará o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014. O BNDES não faz empréstimos para times de futebol. A BRL Trust funcionará como um fiador e dará as garantias necessárias.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) - órgão ligado ao Ministério da Fazenda e responsável pela regulamentação e fiscalização do mercado de ações -, autorizou a constituição do fundo Arena, mas ainda não concedeu o seu registro de funcionamento.
  De acordo com o órgão do governo, que forneceu informações por meio de uma nota, esse registro, “que representa sua entrada na base de dados de participantes do mercado da CVM”, só será “eventualmente concedido, após concluída a distribuição das cotas constitutivas do patrimônio inicial do fundo”.

A direção do Corinthians foi procurada, por meio de sua assessoria, para se manifestar sobre o assunto, mas não retornou.
Gilberto Nascimento, do R7

Um comentário:

gato disse...

kkkkkkkkkkk essa é uam boa noticia !!