quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Ex-zagueiro Dudu sofre com doença rara, luta pela vida e mobiliza ajuda do Santa Cruz

Doença rara enfrentada por ex-zagueiro Dudu mobiliza direção e torcida do Santa Cruz

Um drama de saúde enfrentado por um de seus recentes ex-jogadores tem mexido com uma das maiores torcidas do Nordeste. Antigo zagueiro do Santa Cruz, Dudu está internado em Rondônia na batalha contra severas complicações da ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) e conta com o apoio da comunidade tricolor pernambucana nesta luta.
Diagnosticado com a doença há um ano e 9 meses, Dionísio dos Santos Lima vem sendo tratado na UTI de um hospital de Ji-Paraná (RO). Nas últimas semanas, o ex-jogador de 40 anos passou por duas paradas cardíacas e apresentou pequenos sinais de recuperação. Já são 36 dias de internação.
De acordo com a página oficial da AbrELA (Associação Brasileira de Esclerose Amiotrófica) na internet, a doença que acometeu Dudu age de forma progressiva, eliminando as células do sistema central e atrofiando os nervos do portador. A degeneração afeta os neurônios do cérebro e medula espinhal, que perdem sua capacidade de funcionar adequadamente.
"Ele está na UTI, usa um ventilador mecânico para respirar e está com o corpo paralisado. Mas ele tem a consciência normal, fala comigo através dos olhos. A situação é bem crítica, estamos esperando um milagre de Deus. Ele está muito magro, e isso dificulta mais ainda para respirar", relata Iluzia Lima Barbosa, esposa do ex-atleta.
"Contei para ele sobre o pessoal do Santa Cruz e senti que ele ficou muito feliz", acrescenta a esposa do ex-atleta.
Abalada pela notícia sobre a saúde de seu ex-jogador, a comunidade ligada ao Santa Cruz trata de mobilizar ajuda a Dudu, através de ações discutidas pela diretoria do clube.
"Estamos vendo a melhor forma de ajudá-lo. Queremos viabilizar ajuda financeira, familiar, o que for preciso. Vamos falar com os jogadores, com a comissão técnica e com ex-presidentes", afirma Albertino dos Anjos, diretor de futebol do Santa Cruz.
"Temos fé em Deus de que a situação possa ser pelo menos amenizada. É um problema muito raro. O atleta que está jogando tem tudo, mas às vezes não tem o alicerce. Hoje ele está vegetando em uma cama", lamenta Constantino Júnior, também diretor do clube de Recife.
O zagueiro Dudu vestiu a camisa do Santa Cruz em 2007 e deixou uma boa impressão no clube, descrito como um jogador profissional e introspectivo. "Conheci ele antes de eu ser diretor. Veio de Rondônia para cá, tinha sido bicampeão estadual pela Ulbra. Era caladão, ficava na dele, não era líder. A turma gostava dele, era um bom profissional", diz o diretor Constantino Júnior.
A diretoria do Santa Cruz passou a divulgar nos últimos dias detalhes de conta bancária da esposa de Dudu, para que qualquer torcedor interessado em ajudar o ex-jogador possa colaborar. Seguem os dados: Banco do Brasil, agência 0951-2 / conta 37198-x.

Bruno Freitas
Do UOL, em São Paulo

Nenhum comentário: