quarta-feira, 20 de junho de 2012

CBF convida Treze-PB à participar da Série D do Brasileiro




"Nós conversamos durante cerca de três horas e a CBF nos fez uma proposta. Mas antes eu vou levá-la à torcida antes de qualquer decisão", afirmou o presidente do Galo. Com isso, o Treze ganha oportunidade que não conseguiria nem na Justiça nem nos gramados. A campanha feita no estadual, desse ano, não graduou o time nem para disputar a Série D, que começa no próximo sábado.
Além de Marin, estiveram presentes na reunião o presidente da Federação Paulista da Futebol (FPF), Marco Polo Del Nero, o presidente do Treze Fábio Azevedo, além do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). De acordo com o departamento jurídico do clube, uma reunião deverá ser realizada nesta quinta-feira para um veredito.
Membros da reunião desta quarta-feira, em São Paulo
O senador paraibano também optou pelo silêncio a respeito da proposta feito ao Treze. Por meio de sua conta no Twitter, o parlamentar afirmou que prefere esperar um aval do presidente do clube antes de fazer qualquer afirmação.
"Não quero anunciar as decisões da reunião. Quero me pronunciar sobre os resultados após a palavra do Presidente do @TrezeFC, Fabinho Almeida", postou em sua conta o senador.
PuniçãoUma possível recusa da diretoria do Treze à proposta feita pela CBF poderá resultar em grandes prejuízos ao time de Campina Grande. O procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, afirmou que irá entregar nesta quinta-feira uma denúncia contra o clube paraibano e contra o Brasil de Pelotas.
A ação irá se basear no artigo 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e 48 da Lei Pelé, o que prevê uma punição de suspensão de qualquer competição da entidade por um ano.

Nenhum comentário: