quarta-feira, 6 de junho de 2012

Rio Branco entrará com pedido do STJ por início da Série C

Rio de Janeiro, RJ, 06 (AFI) – Enquanto dirigentes de 17 clubes se reuniam com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para definir a situação do Campeonato Brasileiro da Série C, o Rio Branco (um dos protagonistas das brigas judiciais que paralisaram o torneio) se preparava em Brasília para enviar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) uma ação de “conflito de competência”.

A pretensão do clube acreano é de que o Supremo “elimine” as decisões que Araguaína e Treze conseguiram na Justiça Comum para estar na Terceira Divisão, e ele mesmo decida, em definitivo, quem estará entre os 20 que buscarão o acesso ao Campeonato Brasileiro da Série B. O advogado do Rio Branco, Alexandre Cavalcanti, adjetivou o documento do trio citado como “conflitante”. “Vamos pedir basicamente que o Superior Tribunal de Justiça suspenda todas as decisões estaduais, chame o feito à ordem e decida sobre a questão. Que o STJ decida definitivamente de quem é a vaga na Série C. São três decisões conflitantes”, disse.
Vale lembrar que, além de Araguaína e Treze, o Brasil de Pelotas é outro que conseguiu na Justiça do seu estado uma liminar para jogar o campeonato. Acontece que o clube gaúcho quer a vaga do Santo André. Na reunião que aconteceu na última terça-feira, nada ficou decidido, mas os dirigentes dos clubes saíram animados e esperançosos quanto ao inicio da competição.
Há também a possibilidade de paralisação das Séries A e B do Brasileiro por conta das brigas judiciais. A alegação dos clubes é que o Campeonato Brasileiro é um só, dividido em quatro divisões, com acesso e descenso.
 
 
Agência Futebol Interior

Nenhum comentário: