segunda-feira, 25 de junho de 2012

Série C: Clubes se reunirão no RJ por possível boicote ao Treze


Rio de Janeiro, RJ, 25 (AFI) - Na próxima quarta-feira, clubes do Campeonato Brasileiro da Série C se reunirão no Rio de Janeiro, junto com dirigentes da Confederação Brasileira de Futebol, para discutir um possível boicote ao Treze, que, assim como o Brasil de Pelotas (da Série D), segue com ação na Justiça para disputar a Terceira Divisão.
O assunto está nos bastidores há algumas semanas, quando o presidente do Luverdense, Helmute Lawisch, procurou demais mandatários de clubes que vivem a mesma situação com a paralisação do campeonato. Boa parte aderiu à campanha, que será pauta no encontro na cidade carioca. Dentre os procurados, o Fortaleza foi um dos poucos que se mostraram contrário ao boicote.
Porém, quem é favor desta atitude, caso a CBF confirma o Treze na Série C, é o diretor de futebol do Santo André, Sérgio do Prado. O dirigente segue com o discurso de que, assim como Treze, o Brasil de Pelotas também deve ser punido. Para ele, a dupla deveria ser extinta do futebol mundial.
“Treze e Brasil deveriam ser pulverizados do futebol. Não podemos aceitar que estes clubes continuem em atividade no país depois do que fizeram. O Santo André é a favor desta atitude. Vamos esperar a confirmação da reunião para aí definir algumas coisas com nossos advogados”, disse Sérgio do Prado.
Nesta segunda-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) definirá data, local e comissão disciplinar que julgará Brasil e Treze. A dupla corre risco de ficar sem jogar por dois anos. Além disso, pela Fifa a dupla poderia ser desfiliada por ter acionado a Justiça Comum, ignorando assim as entidades desportivas do país. Outro fato que preocupa os times é que as agremiações que não tinham nada a ver com a história, e que hoje acumulam prejuízo, irão querer ser ressarcidas.
 
Agência Futebol Interior

Nenhum comentário: