quinta-feira, 10 de julho de 2014

Globo volta atrás e escala Galvão para narrar despedida do Brasil

 
A Globo voltou atrás e escalou Galvão Bueno para narrar a despedida do Brasil na Copa do Mundo, no próximo sábado (12), em Brasília. Inicialmente, a disputa do terceiro lugar ficaria a cargo de Luís Roberto de Múcio, e Galvão faria a final, entre Alemanha e Argentina, no domingo. Seria a primeira vez que Galvão Bueno deixaria de narrar um jogo do Brasil numa Copa.

Nesta quinta-feira (10), após resolver "problemas de logística", a Globo decidiu escalar Galvão Bueno para os dois jogos: ele fará Brasil x Holanda, sábado, e a final no Maracanã, no Rio, no domingo.

Em Brasil x Holanda, Bueno terá a Walter Casagrande, Junior e e Arnaldo Cézar Coelho. O ex-jogador Ronaldo não comentará o último jogo do Brasil, mas estará na finalcom Bueno e Casagrande. Caio Ribeiro e Junior também estarão no Maracanã analisando as duas seleções, mas não dividirão cabine com Bueno.

Ao contrário dos outros jogos do Brasil, a transmissão de Brasil x Holanda não ocupará toda a programação vespertina da Globo. Sem clima de festa, a transmissão começará às 16h, uma hora antes do jogo, e se estenderá até 19h. Nas partidas anteriores, a emissora começava a cobertura às 14h, com links espalhados pelo país, com direito a batucada do Olodum na Bahia e bonecos de Olinda em Pernambuco.

A Globo abandonou o tom festivo e otimista das transmissões após a goleada histórica no Mineirão, na terça (8). Já no intervalo, quando o Brasil perdia de 5 a 0, não teve Olodum nem bonecos de Olinda. Na última quarta (9), Patrícia Poeta, que apresentou o Jornal Nacional acompanhando a seleção brasileira com Galvão Bueno, voltou para o estúdio. O Central da Copa, com Tiago Leifert e Alex Escobar, teve sua última exibição dentro do Jornal da Globo.

Fonte: noticiasdatv.uol.com.br

Nenhum comentário: