terça-feira, 22 de março de 2016

Copa Verde: Águia de Marabá obtém efeito suspensivo


Excluído da Copa Verde por escalar um atleta de forma irregular em duas partidas, o Águia de Marabá obteve no início da tarde desta terça, dia 22 de março, o efeito suspensivo para que a pena só entre em vigor após o processo ser julgado no Pleno do STJD, última instância nacional. Ainda na decisão, o relator Paulo César Salomão Filho determinou a suspensão das partidas envolvendo as equipes do Paysandu e Fast Clube. A previsão é que o processo entre em pauta na próxima sessão do Pleno, que deve ocorrer no dia 31 de março.

Confira abaixo parte do despacho:

“Avaliando a questão primo ictu oculi, sopesando todos os elementos aduzidos,entendo por bem em conceder o efeito suspensivo pleiteado pelo clube Recorrente, devendo ser determinado a suspensão das partidas envolvendo as equipes do Paysandu (PA) X Fast Clube (AM) – relativas ao GRUPO A da 1ª Fase da Copa Verde 2016 - até a decisão final a ser proferida pelo Pleno do STJD do Futebol.

Deve ser reconhecido que a suspensão das partidas determinada na presente decisão irá gerar prejuízos ao andamento da competição, razão pela qual determino o processamento do recurso com a urgência que o caso requer, devendo o processo ser colocado em pauta para julgamento na próxima sessão do Pleno do STJD do Futebol, que está agendada para ser realizada no próximo dia 31.03.2016”.

Fonte: STJD

Nenhum comentário: