quinta-feira, 10 de março de 2016

Genus supera o Rio Branco pela Copa Verde





Em sua estreia na Copa Verde, o Genus largou na frente na noite desta quarta-feira ao vencer o Rio Branco-AC por 2 a 1, no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho, pelo jogo de ida da primeira fase da competição regional.

Todos os gols da partida foram marcados ainda na primeira etapa. Rob abriu o placar para o Genus. Lucas deixou tudo igual, mas Alex fez o segundo gol do Aurigrená da capital rondoniense.
Com o resultado, o Genus joga por um simples empate para avançar à próxima fase. Já o Rio Branco, por ter marcado um gol fora, pode vencer por 1 a 0.

Antes do próximo duelo, as duas equipes voltam suas atenções para seus respectivos estaduais. No sábado, o Genus viaja a Guajará-Mirim para enfrentar o Morumbi, no estádio João Saldanha, pela segunda rodada do Rondoniense-2016. Já o Rio Branco volta a campo no domingo contra o Vasco, na Arena da Floresta, pela quarta rodada do Acreano-2016.

Pela Copa Verde, as duas equipes retornam a campo na próxima quarta-feira (16), às 21h30 (horário de Rondônia), no estádio Arena da Floresta, em Rio Branco.

O jogo 

O Genus entrou em campo aguardando a proposta do adversário em campo. Já o Rio Branco tenta explorar as laterais para chegar com perigo a meta do goleiro Allyson. Aos 6 minutos, após cruzamento na área, a bola sobrou para Tcharlles que finalizou fraco e o goleiro Fernando Pompeu defendeu.

Aos 16 minutos, Júlio César cobrou falta na área e Tcharlles cabeceou, mas o goleiro Fernando Pompeu defendeu. Na sobra, o árbitro assinalação a marcação do impedimento. Três minutos mais tarde, o Genus conseguiu abrir o placar. Em cobrança de falta, Alex levantou na área, a zaga não consegue afastar o perigo e Rob colocou o clube rondoniense em vantagem.

Com o gol, o Rio Branco foi ao ataque. Aos 34’, Lucas recebe em profundidade, entra na área e finaliza cruzado, mas o goleiro Allyson realiza grande defesa. Cinco minutos mais tarde, Romarinho faz jogada pela esquerda e bate cruzado, o goleiro Allyson não consegue segurar a bola, que sobra para Lucas empurrar para o fundo das redes, deixando tudo igual.

Porém não deu nem tempo do Rio Branco respirar. Aos 40’, Alex arrancou pela direita, passou por seu marcador e bateu cruzado para superar o goleiro estrelado.

Para a segunda etapa, o Rio Branco voltou com duas alterações. Neném e Valério Germano entraram nos lugares de Delciney e Vagner, respectivamente. As modificações surtiram efeito e o Estrelão passou a encurralar o Genus em seu campo de defesa, porém não conseguia concluir com êxito a gol.
Aos 35’, Cristian derrubou Marquinhos na lateral e, como já tinha cartão, foi embora mais cedo para o vestiário. Na cobrança da falta, Júlio César levantou na área, a zaga não conseguiu afastar e a bola sobrou livre para o meia Alex, que perdeu um gol incrível.

Ficha Técnica

Genus 2 x 1 Rio Branco

Local: estádio Aluízio Ferreira (em Porto Velho-RO);
Público pagante: 967 torcedores; Renda: R$ 17.875,00;
Árbitro: Rafael Odilio Ramos dos Santos (MT);
Assistentes: Valdebranio da Silva (RO) e Marcio Cristino (AC); 4º árbitro: Jonathan Antero Silva (RO);
Gols: Rob aos 19’, Lucas aos 39’ e Alex aos 41’ do 1º;
Cartões amarelos: Cácio, Cristian e Ley (Rio Branco);
Expulsão: Cristian (Rio Branco)

Genus
Allyson; Guarate (Marquinhos), Luiz, Vitão e Júlio César; Fernandinho, Jean, Carlinhos e Alex; Rob e Tcharlles (Thiago Xuxa). Técnico: Claudemir Pontin.

Rio Branco
Fernando Pompeu; Ley, Cácio, Tiago Índio e Cristian; Tárta, Roberto Dinamite, Delciney (Neném) e Vagner (Valério Germano); Lucas e Romarinho. Técnico: João Carlos Cavalo.

Fonte e foto: futebol do norte

Nenhum comentário: