terça-feira, 15 de março de 2016

Série D terá mais oito clubes em 2016

A Série D do Campeonato Brasileiro ganhou uma novidade para a edição de 2016. Com o objetivo de integrar cada vez mais clubes ao calendário anual das competições, oito agremiações foram incorporadas ao torneio deste ano. Assim, a Série D passa a ser disputada com 48 times.
Para a distribuição das oito vagas criadas, levou-se em consideração o Ranking Nacional das Federações de 2016.
Com a novidade, o sistema de disputa será alterado para 12 grupos de quatro clubes cada, com jogos de ida e volta dentro do grupo. Classificam-se para a segunda fase os dois primeiros de cada grupo e os oito melhores terceiros colocados, totalizando 32 clubes. A partir da segunda fase, a competição será disputada através do sistema mata-mata até a sua conclusão.

Veja mais detalhes nos documentos anexados abaixo:


Com o objetivo de integrar ao nosso  calendário anual um número crescente de clubes,  valorizando  as competições, informamos que em 2016 serão incorporadas mais oito agremiações ao Campeonato Brasileiro da Série D, que passa a ser disputado por 48 equipes. Trata-se do  início de  um saudável  processo de expansão  e qualificação  que certamente terá reflexos positivos para o futebol
brasileiro.
Para  a  distribuição das 8  (oito)  vagas  criadas,  levou-se em consideração o Ranking Nacional das Federações  de  2016,  sendo possível contemplar aquelas federações com maior pontuação proporcionalmente.  Assim, as três primeiras federações do ranking,  que juntas representam acima de 40% da pontuação total, tiveram acréscimos de vagas. 

Não obstante, foi possível ainda estabelecer um ponto de corte acima dos 9  (nove)  mil pontos e acrescer uma vaga para quatro federações
que no formato  anterior teriam direito a  apenas uma vaga na Série D. Com essa distribuição garantimos uma competição de equilíbrio qualitativo e quantitativo.


Para distribuir os participantes, serão feitos 12 grupos com 4 equipes cada. Para a 2ª fase (ou 16 avos de final), classificar-se-ão os 2 melhores clubes de cada grupo e os 8 melhores 3° colocados. A partir daí, mata-mata em ida e volta (16 avos, oitavas, quartas, semi e final).
Distribuição de vagas:
SP: 4 vagas;
RJ e MG: 3 vagas;
SC, RS, PR, PE, GO, BA, CE, RN, AL e PA: 2 vagas;
Demais estados ou federações: 1 vaga.

Vide quadro em anexo.

Como  consequência  de  maior democratização do certame,  o formato da competição será alterado para 12 (doze) grupos de 4 (quatro) clubes cada ,    com jogos de  ida e volta dentro do grupo. Classificam-se para a segunda fase os  2 (dois) primeiros de cada grupo e os 8 (oito)  melhores terceiros  colocados, totalizando 32  clubes.  A partir da  segunda fase,  a competição será disputada através do sistema “mata-mata”  até  a  sua conclusão. Maiores detalhes serão objeto do Regulamento
Específico da Competição a ser divulgado dentro do prazo legal. 

A CBF acredita que, com esta modificação, está estimulando o surgimento de novos talentos, garantindo emprego e renda para os que trabalham com o futebol e movimentando a torcida local, que poderá acompanhar seus times preferidos e vibrar com seus jogadores.
Desejamos a todos uma excelente Série D/2016 na esperança de que a competição cresça e se fortaleça ainda mais nos anos por vir. 

Atenciosamente,

    Manoel Flores
 Diretor de Competições


Nenhum comentário: