terça-feira, 22 de março de 2011

Corinthians assina com a Globo e 'cutuca' proposta da Record


O Corinthians é o mais novo clube a fechar contrato com a Globo. O clube alvinegro publicou em seu site oficial uma nota confirmando o acerto com a emissora carioca. O novo acordo terá duração de quatro temporadas, a partir de 2012, e os valores não foram revelados “em razão de cláusula de confidencialidade”, segundo o comunicado. Porém, de acordo com a Máquina do Esporte, as cifras giram em torno de R$ 80 milhões anuais.
Apesar de não revelar oficialmente o quanto irá receber da Globo, a direção do Corinthians aproveitou o comunicado oficial para "cutucar" a Record, emissora que também estava na disputa e que oficializou uma proposta de R$ 100 milhões anuais para ter os 19 jogos da equipe como mandante.

CORINTHIANS VIA RISCO COM PROPOSTA

De fato, a oferta da Record deixa um mar de dúvidas. Parece ter sido tratada com uma simplicidade que não combina com a complexidade do assunto
"Esclarece-se que a proposta pública feita pela TV Record exige do Corinthians algo que, segundo a lei vigente, o clube não tem o direito de comercializar. De acordo com o artigo 42 da Lei no. 9.615/98, a chamada Lei Pelé, aos clubes pertence o direito de negociar a transmissão de determinada partida. Assim, o Corinthians, isoladamente, não tem poderes para comercializar seus 19 jogos como mandante, conforme proposto pela TV Record", diz a nota oficial.
Durante as negociações, a expectativa é que o Corinthians conseguisse embolsar algo em torno de R$ 110 milhões anuais, valor esse que envolve todas as propriedades (TV aberta, fechada, pay-per-view, internet, telefonia, entre outras).

ENTENDA O QUE É O DIREITO DE ARENA

Quando dois clubes se enfrentam, todos têm de estar de acordo que aquele evento seja exibido pela TV. Isso garante que seja obrigatória a venda coletiva dos direitos de transmissão de um torneio.
A expectativa, no entanto, é que o Flamengo chegue ao mesmo patamar de valores. Por outro lado, São Paulo, Vasco e Palmeiras, que até agora figuravam ao lado do time rubro-negro e do Corinthians entre os que mais ganhavam da TV, cairão para um segundo grupo, caso confirmem negócio com a Globo.
A emissora carioca, por sinal, soma agora seis times que negociaram e assinaram contrato de forma individual, independentemente do processo de licitação promovido pelo Clube dos 13 e vencido pela Rede TV!. Além do Corinthians, já tiveram postura semelhante Grêmio, Goiás, Cruzeiro, Coritiba e Vitória.

NOVA DIVISÃO DE RECEITA DE TV

GRUPO 1        
GRUPO 2    
GRUPO 3
Leia a nota oficial na íntegra:
A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista assinou na manhã desta terça-feira (22) o contrato com a Rede Globo e Globosat para que a emissora transmita os jogos do clube nos Campeonatos Brasileiros entre os anos de 2012 a 2015. Os valores do acordo não podem ser revelados, em razão de cláusula de confidencialidade, mas são muito superiores aos praticados atualmente.

Após analisar todas as propostas para os direitos de transmissão, a direção do Corinthians tem a certeza de que assinou o melhor contrato da história do clube de Parque São Jorge, superando inclusive a previsão de faturamento do Clube dos 13. Não apenas fatores financeiros, como também aspectos técnicos credenciam a proposta da Rede Globo e Globosat como a melhor dentre as apresentadas ao Corinthians.

Esclarece-se que a proposta pública feita pela TV Record exige do Corinthians algo que, segundo a lei vigente, o clube não tem o direito de comercializar. De acordo com o artigo 42 da Lei no. 9.615/98, a chamada Lei Pelé, aos clubes pertence o direito de negociar a transmissão de determinada partida. Assim, o Corinthians, isoladamente, não tem poderes para comercializar seus 19 jogos como mandante, conforme proposto pela TV Record.

O Corinthians informa também que lutou para ter reconhecida financeiramente sua condição de clube com maior audiência na televisão brasileira, sem entretanto criar uma grande disparidade entre as demais agremiações.

Por fim, o Corinthians faz questão de celebrar que este é mais um passo importante no projeto de valorização de sua marca, visto que o valor anual do contrato assinado hoje é maior que todo o faturamento do clube em 2007, ano em que, no mês de outubro, iniciou-se a atual gestão.


Fonte: UOL

Nenhum comentário: