sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Luverdense aciona STJD e pede suspensão da 1ª rodada

O Campeonato Brasileiro da Série C mais parece um poço de polêmicas. Agora, a diretoria do Luverdense pretende, através do advogado Osvaldo Sestário, entrou com um mandato de garantia com pedido liminar junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O objetivo é suspender a primeira rodada do Grupo E, que será realizada no final de semana.

De acordo com as informações, juridicamente está tudo em ordem para o clube matogrossense ganhar a causa. No entanto, o presidente alviverde, Helmut Lawisch, ainda tem receio que influência de políticos acreanos na decisão da CBF. Além disso, a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), através do presidente Carlos Orione, tem sido omissa e não está ajudando os clubes matogressenses.

O caso será julgado pelo presidente do STJD, Rubens Aprobatto. O problema é que ele não se encontra no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira. Por isso, a decisão ficará para a tarde desta sexta-feira.

A intenção do Luverdense é paralisar a primeira rodada e aguardar a reunião do pleno do TJD, que se reúne toda quinta-feira, para decidir casos de última instância na esfera esportiva.

"Estou eufórico e bastante otimista em relação ao caso, pois sabemos que o Rio Branco não agiu de forma correta. Se ele não for eliminado, é melhor rasgar todo o regulamento. Estamos cientes de tudo o que aconteceu e acredito que o presidente Rubens Aprobatto vai tomar a decisão correta", afirmou Helmut.

Rubens Aprobatto já havia julgado o caso antes e foi a favorável à punição ao Rio Branco. Apesar disso, o time acreano conseguiu um efeito suspensivo, que o recolocou como dono da vaga à segunda fase no lugar do Luverdense. O diretor técnico da CBF, Virgilio Elisio, se antecipou e mudou a tabela, garantindo a presença do Rio Branco e o início da primeira rodada.
Fonte: AFI
 

Nenhum comentário: