segunda-feira, 17 de outubro de 2011

América-RN vai pedir à CBF a suspensão do Brasileiro da Série C

A decisão da Procuradoria Geral do Estado do Acre de incluir novamente o Rio Branco na Série C do Campeonato Brasileiro, mesmo após a exclusão do clube por conta de veredicto em processo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), levou à competição e aos adversários uma grande insegurança, já que a disputa pode se ver prejudicada por esta batalha judicial. O presidente Hermano Morais, do América/RN, convocou a diretoria e conselheiros do clube para definir ações nesta semana.


No encontro deste último sábado, dia 15, ficou decidido que o clube irá formalizar um ofício solicitando a suspensão da competição até que seja definido pela CBF como ficará o campeonato. De acordo com o presidente do clube, o América irá se mobilizar devido à insegurança jurídica que se formou na competição.
"Estamos atentos a tudo o que vem acontecendo nos últimos dias e não podemos ficar no prejuízo. Vamos analisar os fatos e no momento oportuno poderemos até ingressar com uma ação afim de resguardar o interesse do América", explicou, em reportagem do site oficial do clube.
A reunião ainda definiu que, caso o Luverdense/MT seja confirmado na competição no lugar do Rio Branco, o América vai ingressar com uma ação pedindo a suspensão judicial do campeonato. Já de acordo com o vice-presidente jurídico Klebet Cavalcanti, a ação é o mais sensato a se fazer. "Já não temos mais a certeza do que irá acontecer no desenrolar da competição e não podemos mais ter prejuízos", analisou.
Até então, o América/RN tem compromisso marcado para o próximo domingo, dia 23 de outubro, quando enfrenta o CRB/AL no Rei Pelé. Depois que os jogos do Rio Branco foram invalidados, o clube potiguar caiu de quatro para um ponto. Mesmo assim, o América/RN segue na terceira posição no Grupo E.

Nenhum comentário: