quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A seleção dos piores jogadores do Brasileiro até a 31ª rodada

Montillo (Cruzeiro), Wellington Nem (Figueirense), Ronaldinho Gaúcho (Flamengo) e Neymar (Santos) formam atualmente o quarteto ofensivo da seleção dos melhores jogadores do Campeonato Brasileiro, com base nas notas do Troféu Armando Nogueira. Mas lembrar os piores também faz parte do jogo, como é tradição aqui no blog.
Para integrar essa seleção das notas mais baixas, o jogador precisa ter, nesta altura da competição (32ª rodada), 11 partidas disputadas. Lembrando que cada jogo é visto por um jornalista que dá nota para todos os jogadores. Essas notas fazem parte de um rico banco de dados que nos dá o retrato do desempenho de cada um. A apuração é do craque Cassius Leitão.
Nesta parcial, a grande novidade fica por conta da entrada do goleiro tricolor Diego Cavalieri, que não tem recebido boas notas ultimamente. O Avaí continua sendo a base, e jogadores como Márcio Careca (Vasco), Edenílson (Corinthians), Lucio (Grêmio) e Guilherme (Atlético-MG) não parecem muito dispostos a deixar esse ‘timaço’. Ainda restam sete jogos para dar a volta por cima.
Confira a seleção dos jogadores com as piores notas do Armandão – em média – até a 31ª rodada:
Goleiro: Diego Cavalieri (Fluminense) – Nota: 5,94
Lateral-direito: Daniel (Inter/Avaí) – 5,31
Zagueiro: Welton Felipe (Avaí) – 5,00
Zagueiro: Ronaldo Angelim (Flamengo) – 5,03
Lateral-esquerdo: Márcio Careca (Vasco) – 5,03
Volante: Batista (Avaí) – 5,22
Volante: Edenílson (Corinthians) – 5,27
Meia: Enrico (Ceará) – 5,14
Meia: Lucio (Grêmio) – 5,03
Atacante: Guilherme (Atlético-MG) – 5,03
Atacante: Rodriguinho (Atlético-PR) – 5,01
Para conferir as outras parciais da seleção dos piores, clique aqui
Para conferir a seleção dos melhores até agora, clique aqui

Nenhum comentário: