quarta-feira, 25 de abril de 2012

Empresário descarta permanência de Wéverton na Portuguesa


 São Paulo, SP, 25 (AFI) – O empresário Roberto Gilvaz, GP Soccer, desmentiu as informações de que o goleiro Wéverton vai permanecer na Portuguesa. Em entrevista ao Portal FI, na tarde desta quarta-feira, ele confirmou vai cumprir o pré-contrato assinado com o Atlético-PR.

“Eles queriam uma resposta do empresário do Wéverton, então vou dá-la agora. Não há a mínima chance do Wéverton continuar na Portuguesa. Ele vai honrar o compromisso firmado com o Atlético-PR”, afirmou Gilvaz, em resposta a uma declaração do novo gerente de futebol da Lusa, Candinho.
O novo “homem forte” do futebol lusitano chegou a admitir que estava seduzindo o goleiro a permanecer no Canindé. Candinho teria falado sobre o fato do jogador disputar a Série A, enquanto o Furacão jogará a Série B. Além disso, teria sido prometido um novo contrato e um aumento salarial.
Com estas cartas na manga, o dirigente afirmou que estava esperando a resposta de Gilvaz. O empresário, contudo, argumentou que a diretoria da Portuguesa teve a chance de prorrogar o contrato, mas não houve acordo.
“Nós já havíamos conversado com a Portuguesa, mas o Wéverton não foi valorizado da maneira que merecia. A partir disso, aceitamos a proposta do Atlético, que se mostrou mais vantajosa e ele não vai voltar atrás”, concluiu Gilvaz.

Término do contrato

O contrato de Wéverton com a Lusa se encerrará no dia 25 de maio. Até esta data, a promessa é de que o jogador continuará a cumprir suas obrigações profissionais e só depois se apresentará ao Furacão.

Após assinar o pré-contrato com o time paranaense, o camisa 1 chegou a ser barrado como uma espécie de retaliação da diretoria. Ele só voltou ao gol titular, porque o substituto Rodrigo Calaça falhou em jogos importantes. "Apesar disso, ele voltou e continuou atuando com muito profissionalismo", reforçou o empresário.

Nenhum comentário: