quarta-feira, 13 de junho de 2012

OAB-CE entra com ação pedindo paralisação das Séries A e B

Campinas, SP, 12 (AFI) - A notícia que antes era tratada como quase impossível pode acontecer nos próximos dias. Isso porque o presidente da OAB de Fortaleza, Valdetário Andrade Monteiro, entrou com uma ação no Superior Tribunal de Justiça pedindo a paralisação das Séries A e B enquanto não seja resolvido o imbróglio que travou as Séries C e D, adiadas desde o último dia 27.

"Entramos com a ação hoje, e amanhã saberemos quais juízes e vara cuidarão dessa ação. Entramos com pedido alternativo. O primeiro interesse é que tenhamos o inicio imediato das Série C e D. Entendemos que o Estatuto do Torcedor e o Código do Consumidor estão sendo desrespeitados. O campeonato é uno, então ele deve funcionar como um todo e não só pela metade. Como pode haver acessos e rebaixamentos sem outras séries? Caso nada seja resolvido a ação pede a paralisação das Séries A e B", afirma Monteiro.

Treze, Rio Branco, Araguaína, Brasil de Pelotas e Santo André brigam por duas vagas nas Série C do Brasileiro. Em seus respectivos estados, os times ganharam na Justiça Comum o direito de disputar a competição. Mas o ministro do Superior Tribunal Justiça (STJ), Marco Buzze, suspendeu as liminares da Justiça do Acre e do Tocantins, mantendo apenas a da Justiça paraibana para ser julgada posteriormente.
Segundo Monteiro, devido a perplexibilidade com que o assunto vem sendo tratado, a ação precisou ser estudada antes de ser ingressada na Justiça. "A comissão já havia pesquisado a Jurisprudência e conclui os estudos hoje. Como é um caso de urgência aguardamos as atitudes dos estados envolvidos e aprovamos a ação, que está em posse da comissão", afirmou Monteiro.
Com o adiamento, os clubes começam a acumular inúmeras despesas, como o pagamento do elenco, que está recebendo para treinar, o que inviabiliza a disputa dos campeonatos da terceira e quarta divisão caso o adiamento se prolongue. Depois de muita omissão, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resolveu agir e convocou os clubes das Série C e D para uma reunião nesta quarta-feira.
Na oportunidade, o presidente da CBF, José Maria Marin, tentará propor algum acordo, ou até mesmo “peitar” as agremiações ignorando suas ações nos tribunais. A previsão é que os campeonatos da Série C e D comecem no próximo dia 27, já na quarta rodada.
   
Agência Futebol Interior

Nenhum comentário: