sábado, 7 de julho de 2012

Série C se vê com mais problemas, com risco de três times em campo


A confusão criada fora de campo na Série C do Campeonato Brasileiro parece mesmo não ter fim, colocando sob risco a disputa no gramado. A mais nova notícia diz respeito a uma decisão da Justiça da Paraíba e do Superior Tribunal de Justiça. Em relação à primeira, ela determinava a exclusão do Rio Branco/AC e a manutenção do Treze/PB na competição, que voltava a ter 20 clubes, ao invés dos 21 da primeira rodada. Mas, poucas horas depois, a CBF derrubou uma liminar do clube da Paraíba. E a confusão se criou.

Mais cedo, nesta sexta-feira, a CBF anunciou que o Rio Branco estava excluído da Série C, em função de determinação do Tribunal de Justiça da Paraíba, que determinou a exclusão do clube acreano. O descumprimento custaria multa de R$ 200 mil/dia. Dessa forma, a entidade publicou a decisão em seu site a exclusão do Rio Branco, em nova tabela, e com a permanência do Treze.
Mas uma decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Ari Pargendler, suspendeu no início da noite desta sexta-feira os efeitos da liminar proferida em 28 de junho pelo juiz substituto Falkandre Queiroz.
O problema é ainda maior porque Treze e Rio Branco têm opiniões diferentes sobre as consequências desta decisão. E os dois prometem comparecer ao mesmo gramado neste domingo, apesar de não se enfrentarem. Ambos querem enfrentar o Icasa, em jogo em Juazeiro do Norte. Oficialmente, em seu site, a CBF apenas excluiu o Rio Branco da disputa.
O Treze entende que, mesmo com a derrubada desta liminar, outra, proferida pela juíza Ritaura Rodrigues, manteria o clube na Série C. Já o clube do Acre, através de seu Twitter oficial, declarou que “o Rio Branco permanece na Série C e o Treze Futebol Clube é retirado da competição”. O clube ainda informou que já está a caminho do Ceará.
Neste domingo, em Juazeiro do Norte, a partida no estádio Romeirão pode contar, ineditamente, com três equipes em campo. Oficialmente, até o momento, a partida marcada no site da CBF é entre Icasa e Treze, às 16h.



Redação Justiça Desportiva- | A+


Nenhum comentário: