segunda-feira, 27 de maio de 2013

Plácido de Castro domina a escolha dos melhores do Estadual/2013



Com o fim do Campeonato Acreano Chevrolet/2013, os cronistas esportivos acreanos elegeram os melhores da temporada. A eleição é organizada pela Federação de Futebol do Acre, com apoio da Associação dos Cronistas Esportivos. A entrega da premiação ocorre, nesta quarta-feira. O campeão Plácido de Castro liderou a lista de premiados. Ao todo, o Tigre do Abunã teve quatro indicações: Robson (Goleiro), Gilson (Zagueiro), Dime (Volante) e Cabeça (Meia). O Rio Branco aparece em segundo, com três indicações: Erick (Zagueiro), Testinha (Meia) e Juliano César (Atacante). O Galvez EC conseguiu dois nomes na seleção do campeonato: Leandro (Volante) e Chumbo (Lateral direito). Atlético Acreano e Juventus completaram a lista com os jogadores Matheus e Ailton, respectivamente.


O técnico Nilton Nery (Plácido de Castro) foi eleito o melhor da competição. O treinador do Tigre recebe 11 votos, contra 02 de Luis Carlos (Rio Branco). Um voto foi em branco.

Os cronistas, um total de 14, também elegeram o goleiro Robson (Plácido de Castro), como a revelação da competição. O zagueiro Gilson(Plácido de Castro) foi eleito o craque do Estadual.

O presidente da Federação de Futebol do Acre, Aquino Lopes, agradeceu os cronistas esportivos pela participação na escolha dos melhores do ano. Lopes lembrou que a premiação, que será realizada pelo quarto ano seguido, valoriza os profissionais.

O atacante Juliano, do Rio Branco FC, terminou a temporada na artilharia, com 16 gols.

OS MELHORES

GOLEIROS
Robson (Plácido de Castro)

LATERAL DIREITO
Chumbo (GALVEZ)

LATERAL ESQUERDO
Matheus (Atlético)

ZAGUEIROS
Gilson (Plácido)
Erick (Rio Branco)

VOLANTES
Dime (Plácido)
Leandro (Galvez)

MEIAS
Wellington Cabeça (PC)
Testinha (Rio Branco)

ATACANTES
Juliano César (Rio Branco)
Ailton (Juventus)

REVELAÇÃO
Robson (Plácido)

CRAQUE
Gilson (Plácido)

TÉCNICO
Nilton Nery (Plácido)

ARBITRO
Antonio Nericlaudio

ASSISTENTES
Rener Santos
Márcio Cristiano
 
 POR MANOEL FAÇANHA

Nenhum comentário: