quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Locutor do Sportv se diz cansado, faz desabafo e deixa redes sociais

O veterano Jota Júnior, uma das vozes mais conhecidas do jornalismo esportivo brasileiro, desabafou em seu blog. Cansado com a falta de respeito e educação de quem possui opiniões divergentes sobre o futebol, o locutor do Sportv está deixando as redes sociais, além de fugir de debates esportivos.

“Algumas pessoas me cobram sobre discutir as coisas do futebol aqui no blog, como a situação dos clubes, lances duvidosos, arbitragens e tudo mais. Já de algum tempo deixei de fazer isso. Aprendi que discussões sobre futebol normalmente são tendenciosas e infrutíferas. Sempre há uma pendência para a paixão, daí surgindo a falta de frieza e isenção na análise. 

É mais ou menos como discutir bandeiras religiosas. Já faz algum tempo também que não assisto a programas de debates. Respeito quem os faz e a quem gosta, mas não me atraem. Profissionalmente participei inúmeras vezes deles, mas hoje em dia fujo descaradamente dessas escalas”, explicou Jotinha.

“Ousar abrir um assunto nas redes sociais, então, é deflagrar uma guerra imensa e sem barreiras quanto à educação e respeito. Por isso já deixei o Facebook e também deixarei o Twitter”, completou.
O locutor nascido em Americana, interior de São Paulo, aproveitou para dizer que o futebol não é mais a prioridade na sua vida e que se preocupa com outras questões como a saúde pública e agora a falta de água que assola algumas regiões do Brasil.

“O futebol é apaixonante, emocionante, envolvente, mas não é mais prioridade em minha vida, como já o fora. Devo muito a esse esporte e a todo o esporte, pois construí minha vida pessoal e profissional trabalhando com eles. Sou eternamente grato a tudo o que me aconteceu na carreira, desde os 20 anos de idade”, disse. O jornalista crê que o cansaço do mundo futebol não reflita em seu trabalho.

“Me mantenho informado, obviamente, pois ainda estou exercendo a profissão e gosto muito dela. Vou para as transmissões devidamente “armado” de informações pois tenho a obrigação de fazer um trabalho razoável e me dedico 100% quando estou no ar. Jamais negligenciaria nas minhas funções principais de trabalho”, justificou o locutor de 66 anos.
Foto: Reprodução de TV

Nenhum comentário: