quarta-feira, 27 de julho de 2016

Em fase decisiva na Série D, Selsimar Maciel troca Princesa por Nacional

Show spo aa504
Uma semana de trabalho bem diferente para dois times do  futebol amazonense nos últimos anos.  Em Manacapuru, o Princesa do Solimões prepara o time para dois duelos decisivos pela Série D. Em Manaus, o Nacional se prepara para o Campeonato Amazonense. Em comum nas preparações, um preparador. Selsimar Maciel iniciou a semana como preparador físico do Tubarão do Norte e vai terminar trabalhando no Leão da Vila.

A transferência polêmica aconteceu na noite de segunda-feira (25). A mudança pegou de surpresa os dirigentes do Princesa. “Ele esteve no treino do Princesa, tiveram alguns ajustes, ele até solicitou gelo a mais para o trabalho da semana. Para minha surpresa, hoje (terça-feira) pela manhã cedo, ele já me procura para se despedir”, relatou Raphael Maddy, diretor do Princesa do Solimões, que também revelou que não esperava essa decisão. “Para mim, foi uma surpresa desagradável porque a gente tá na véspera de uma decisão”, revelou ele. Ainda segundo Maddy, a proposta salarial do Nacional seria três vezes maior do que o profissional recebia no time de Manacapuru.

Do lado do time manauara, a diretoria garante que não houve assédio ao preparador. A versão nacionalina da história seria de que o próprio Selsimar haveria procurado a equipe.
“Ele que procurou a gente sabendo que o clube tava precisando de preparador. Ele chegou dizendo que estava desligado do Princesa. Então a procura foi dele”, explicou Carlos Souza, dirigente do Leão da Vila.
Em meio à polêmica o novo preparador físico do Nacional chegou ao CT Barbosa Filho nesta terça-feira (27), às 15h30, ironicamente carregando uma mala vermelha.
Logo depois de colocar o novo uniforme, ao se preparar para entrar na sala de imprensa do Nacional e conversar, ao pé do ouvido, com o diretor do clube, Selsimar deu sua versão.

“Não houve polêmica. Nós somos profissionais e os convites sempre aparecem, às vezes você está em um clube feliz, tranquilo e trabalhando mas a bola ela te proporciona muitas oportunidades e pra mim foi mais uma oportunidade, pelo momento que a gente tava vivendo lá no Princesa e de repente ter algum contato e voltar aqui pro Nacional. E eu aproveitei esse momento e, por livre e espontânea vontade, tive a oportunidade de vim para cá”, explicou o preparador que já está trabalhando no CT Barbosa Filho.

Apesar de ver com naturalidade os convites, Selsimar faz coro à diretoria do novo clube e evita falar de assédio do Nacional. “Ninguém da diretoria do Nacional me procurou. Foi um amigo meu lá de Goiás, que entrou em contato comigo , que perguntou se eu tava bem no Princesa. Ele falou de uma situação de trabalho um pouco melhor e eu prontamente atendi, porque a gente tá sempre disponível no mercado, já que a gente não tinha um vínculo de contrato com o time do Princesa então você está sempre disponível no mercado, independente de estar trabalhando, fazendo seu melhor lá” revelou ele, que não avalia ter fechado portas na equipe de Manacapuru.
Um dos pontos discordantes dos discursos foi a duração das negociações, enquanto Carlos Souza afirma que a negociação foi feita toda durante a noite de segunda-feira, Selsimar fala de uma negociação mais longa.

“Ela já vinha acontecendo, mas faltava eu ter uma certeza. Eu tinha feito uma programação do sistema de trabalho. Ontem, se não acontece a negociação, as coisas iam continuar normais, o meu perfil de trabalho não deveria mudar” finalizou ele.

Substituto

Apesar de pegar de surpresa o Princesa do Solimões, o time já tem um novo preparador físico. Ainda na terça-feira (26), o novo profissional já assume a preparação do time.
“Quem saiu não joga, é melhor você ficar com quem quer realmente” finalizou Raphael Maddy.

 Valter Cardoso Manaus-AM

Nenhum comentário: