quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Para o bicolores, jogo no Acre terá um clima de decisão

A primeira fase do Campeonato Brasileiro da série C não tem sido fácil para o Paysandu. Em seis jogos o Papão conseguiu três vitórias apertadas; dois empates sofridos e perdeu para o Águia, fora de casa. A expectativa dos jogadores é de que a próxima partida contra o Rio Branco-AC seja a mais difícil desta primeira fase da terceirona, devido às necessidades das duas equipes, que brigam por uma vaga para a segunda fase da competição.

“É uma chave muito equilibrada, a gente percebe isso pela pontuação dos times”, destaca o atacante Heliton, com referência à tabela de classificação em que quatro dos cinco clubes do grupo A têm chances de avançar para o segundo quadrangular. “Faz parte, cada vez o futebol está mais equilibrado. Agora é ter calma para fazer uma boa partida, conseguir o resultado positivo e garantir a nossa classificação. Só depende da gente”, frisa o atacante.

Já o lateral-direito Sidny vai mais além. Para o jogador, não há jogo fácil para nenhuma das equipes que disputam o campeonato. “Quero vencer sempre, seja no sufoco ou não. O importante é você conquistar três pontos. O nosso pensamento é somar pontos fora de casa e toda a rapaziada está ciente de que vai ser mais uma decisão para a gente”, ressalta. E é bom consultar o seu médico, torcedor!

Fonte: Diário do Pará

Nenhum comentário: