quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Rio Branco quer manter o foco

Humildade, pé no chão, trabalho, dedicação e união foram as palavras mais proferidas  no José de Melo, pelos jogadores e comissão técnica do Rio Branco após a heróica vitória, fora de casa, sobre o Luverdense por 1 a 0, gol de Ismael, ainda no primeiro tempo. Precisando vencer neste domingo o Paysandu, no estádio Arena da Floresta, para não depender de outro resultado para garantir uma das vagas do Grupo 1 do Campeonato Brasileiro da Série C, o Rio Branco terá força máxima, com o retorno dos lesionados Ivo Almeida e Testinha, assim como dos suspensos Ley e Palermo.

O experiente zagueiro Luciano, que cresceu de produção durante os últimos jogos da equipe neste Brasileirão, conhece bem o adversário deste domingo. Lá o atleta esteve na temporada passada, afirmando que é natural a pressão sofrida pelos jogadores do clube para arrancar bons resultados durante a disputa da Série C.

Com a vaga bem perto, Luciano pede a mesma dedicação da equipe durante os últimos jogos e, assim arrancar a classificação diante de seu torcedor.

Força máxima

Com o discurso mineiro, o técnico Everton Goiano (foto) diz que o Rio Branco ainda não ganhou nada e será necessário respeito e trabalho para conseguir um bom resultado diante do Paysandu.

Em relação à equipe que vai a campo no domingo, o treinador diz que vai analisar durante os coletivos da semana a melhor formação. Na tarde desta terça-feira, no José de Melo, o time trabalhou apenas a parte física. Na tarde desta quara-feira, será realizado um trabalho tático e técnico no estádio Arena da Floresta. Um dia depois, no mesmo local, o time faz o primeiro coletivo da semana, fechando a preparação na sexta-feira no estádio Florestão.

Fonte: Manoel Façanha

Nenhum comentário: